O que você deve se perguntar antes de escolher a profissão

O que você deve se perguntar antes de escolher a profissão

Atualizado: Quarta-feira, 29 Janeiro de 2014 as 1:07

dúvidaDecidir que profissão seguir e que curso fazer na universidade nunca é algo simples. Embora algumas pessoas possam opinar, a decisão é só sua.
 
O Guia do Estudante pediu ajuda a alguns especialistas listando algumas perguntas que são importantes que você faça a si mesmo antes de fazer sua escolha, e outras que podem só atrapalhar.
 
Para você se conhecer melhor:
 
- Quais são os traços de minha personalidade? Sou reservado, comunicativo, estratégico?
- Quais são as minhas habilidades - tanto as gerais quanto as mais específicas? O raciocínio numérico é mais desenvolvido? Ou seria o abstrato e o verbal?
- Quais são meus interesses? O que me desperta curiosidade para investigar e ler a respeito?
- O que gosto de fazer? Gosto de atividades ao ar livre? Gosto de liderar? Gosto da vida urbana?
- O que eu NÃO gosto de fazer (seja por falta de habilidade ou por outro motivo)?
 
Para escolher o curso certo:
 
- Que profissões me permitirão usar essas habilidades?
 
- Sentirei falta, tanto no curso quanto na profissão, de alguma habilidade que ainda não consegui desenvolver? Conseguirei desenvolvê-la durante o curso?
 
- Tenho conhecimento suficiente sobre o curso e a profissão ou estou baseando minhas expectativas em algo fantasioso?
 
Perguntas perigosas:
 
- Que carreira quero pra mim?
A carreira envolve o caminho que você quer seguir e aonde quer chegar com essa profissão - o que envolve, por exemplo, onde vai trabalhar e em que irá se especializar. Se você ainda nem decidiu qual graduação quer fazer, limite-se a escolher uma profissão.
 
- O que meus pais (ou qualquer outra pessoa) gostariam que eu fizesse?
Lembre-se de que será você quem vai enfrentar as consequências de sua escolha e quem terá de ir para as aulas e para o trabalho todos os dias. Assim, escolher uma profissão que você nem curte porque é o sonho dos seus pais, por exemplo, não é uma boa.
 
 
com informações do Guia do Estudante

veja também