Origem e mau uso do dinheiro são preocupações dos jovens

Origem e mau uso do dinheiro são preocupações dos jovens

Atualizado: Terça-feira, 14 Junho de 2011 as 4:01

Desde que a origem seja honesta, os jovens brasileiros dizem não ver problemas em se ganhar muito dinheiro. A afirmação foi constatada através de pesquisa feita pela BOX1824, empresa de pesquisa especialista no mapeamento de tendências de comportamento.

Essa percepção atinge 74% dos 1.784 entrevistados de 18 a 24 anos de 173 cidades brasileiras. O estudo aponta que os jovens não acreditam que existe problema com o dinheiro em si, mas no mau uso que as pessoas fazem dele.

Separando a análise, 43% acreditam que não há problema em se ganhar muito dinheiro, desde que honestamente. Já 31% acreditam que o problema está no mau uso.

Minoria

O estudo mostra ainda que a minoria dos jovens relaciona o dinheiro com o medo e a infelicidade. Apenas 9% dos entrevistados afirmam ter medo de ganhar muito dinheiro, por acreditarem que, dessa forma, serão infelizes.

Outros 9% afirmam que seu objetivo de vida é ganhar cada vez mais dinheiro. Já 6% dos entrevistados se mostram mais desapegados e dizem que dinheiro "é para circular e não para ser acumulado".

A pesquisa ainda aponta que 3% se mostram mais altruístas e dizem que preferem gastar o dinheiro que ganham ajudando os outros a guardar para eles mesmos.

Jovens preocupados

A conclusão do estudo quanto a relação que os jovens têm com o dinheiro é que eles "buscam valores mais justos e responsáveis na forma como ganham e gastam seu dinheiro". Para 67% dos jovens brasileiros, é possível mudar uma comunidade sem ser a partir do dinheiro.

Esses jovens, de acordo com o estudo, acreditam que a mentalidade de acúmulo atingiu extremos com graves consequências sociais. Tanto que 91% dos entrevistados acreditam que as pessoas consomem hoje muito mais do que precisam.

veja também