Os 5 maiores mitos que os recém-formados acreditam

Os 5 maiores mitos que os recém-formados acreditam

Atualizado: Segunda-feira, 19 Agosto de 2013 as 2:28

Você, provavelmente, escutou várias dicas de amigos, professores e familiares de quais atitudes tomar para conseguir um emprego logo após se formar. Porém, muitos desses conselhos mais prejudicam do que ajudam. A seguir, confira os mitos que muitos recém-formados acreditam:
 
formatura1 – Foque somente na sua procura por um emprego 
Todos nós sonhamos em encontrar um emprego na nossa área de atuação logo que acabamos a faculdade. Porém, nem sempre é assim - pode acontecer de demorar meses antes de você conquistar seu espaço no mercado de trabalho. Durante o tempo desempregado é importante que você ocupe o seu tempo com atividades proveitosas, como cursos extracurriculares, trabalhos voluntários e estudo de idiomas.
 
2 – Sites de emprego são seus melhores amigos
Sites de emprego são ótimas ferramentas para os desempregados, mas é importante que você não dependa 100% deles. O lado negativo desses sites é exatamente a quantidade de pessoas que os utilizam como a ferramenta principal para achar um novo emprego. São muitos currículos e alta concorrência – mesmo que você tenha um bom currículo, é mais difícil que os recrutadores tenham acesso ao seu perfil.
 
3 – Não mande seu currículo para vagas que não possuem o seu perfil
Existem pessoas que não mandam seus currículos a menos que elas atendam todas as características da vaga. Porém, mesmo que você não tenha uma ou outra das qualificações requeridas, é importante que você envie seu currículo. Pode acontecer de o seu perfil ter outras características que também agradem o recrutador.
 
4 – O currículo é mais importante que a sua carta de apresentação
Com certeza, currículos podem ser a chave para um bom emprego, mas as cartas de apresentação também são uma parte importante na hora de escolher uma pessoa entre vários candidatos. Além do mais, existem recrutadores que levam mais em conta o perfil do candidato do que o currículo em si – portanto, não menospreze a sua carta de apresentação.
 
5 – O bom network é ter contato com pessoas da sua área
Bons networks são aqueles em que você conhece pessoas de diversas áreas de conhecimento e com experiências diferentes. Tente se conectar com pessoas de outras áreas e veja o que pode aprender com elas – afinal, nunca se sabe de onde podem surgir as melhores oportunidades.
 
 

veja também