Os adolescentes mais sem noção do cinema

Os adolescentes mais sem noção do cinema

Atualizado: Terça-feira, 6 Dezembro de 2011 as 10:44

Todo mundo tem um filme adolescente favorito. Embora muitos sigam clichês já desgastados, é interessante observarmos cada os pontos curiosos de cada um. Na lista a seguir, por exemplo, listamos os adolescentes mais sem noção do cinema.

Jim Levenstein (American Pie) Qual adolescente nunca sentiu-se impressionado com as mudanças que o corpo assume na puberdade? Jim é um desses típicos adolescentes inexperientes e cheios de 'energia'. Além de toda impulsividade adolescente, ele também tem que provar para o tradicional grupinho de amigos (e quem não teve o seu?) que é pegador. No filme, ele faz um pacto com outros quatro amigos de transar com alguma garota antes de se formarem. O filme é repleto de personagens hilários e situações absolutamente embaraçosas, como as diversas conversas sobre sexualidade entre o pai do Jim e ele.

Cameron (Curtindo a Vida Adoidado) 'Droga. Meu pai vai me matar!', qual adolescente nunca disse isso? Quem assistiu 'Curtindo a Vida Adoidado', deve ter percebido que a vida de Cameron – o melhor amigo do protagonista, Ferris – não é, digamos, a coisa mais agradável do mundo. O cara passa o filme inteiro sem pegar uma garota, entra em depressão e, de quebra, arrebenta a Ferrari de estimação do pai e a garagem de casa.

Ronald Miller (Namorada de Aluguel) Se você não lembra, este filme fez bastante sucesso na Sessão da Tarde e, embora tenha se passado em 1987, faz de Ronald Miller o tópico nerd dos nossos tempos. Rejeitado pelo grupinho da escola, ele resolve 'alugar' uma namorada. Sua vizinha e líder de torcida decide fingir que é sua namorada e consegue fazer com que Ronald se torne o garoto mais influente do pedaço. Infelizmente, o cara esquece dos antigos amigos e envolve-se em algumas confusões. Confesse, você nunca sonhou em namorar a garota mais influente da escola para ficar bem na foto?

Jamie (Eurotrip: Passaporte para a Confusão) O filme conta a história de outro personagem, o Scott, que se corresponde por e-mail com uma alemã que, depois de algum tempo, acredita ser homem. Quando ele descobre que Mieke é realmente mulher, ele resolve partir em busca dela com a ajuda de seus amigos. Como toda comédia adolescente, dá para ter uma noção do número de confusões que eles se metem viajando dos EUA até a Alemanha. Uma delas merece destaque nesta lista. Durante uma balada regada a muita bebida, Jamie e Jenny acabam, por impulso se beijando. Nada anormal, se eles não fossem irmãos… gêmeos.

Jim Carroll (Diário de um Adolescente) Embora o filme seja baseado em fatos reais, Jim não poderia ficar de fora desta lista. Um dos primeiros filmes da carreira de Leonardo DiCaprio, 'Diário de um Adolescente' fala em problemas muito comuns aos jovens nos nossos dias atuais. Jim é um escritor e promissor jogador de basquete que se junta com os amigos e mergulham de vez no vício das drogas que, naturalmente, o empurra para o fundo do poço.

Jesse e Chester (Cara, Cadê meu Carro) Embora traga Ashton Kutcher e Seann William Scott nos papéis principais, 'Cara, Cadê meu Carro' não fez muito sucesso. Jesse e Chester acordam depois de uma balada e não se lembram de nada, sequer de onde foi para o carro. Sem pista alguma de onde o deixaram, os dois começam uma busca sem rumo. Eles têm que recuperar o carro, os presentes, e as namoradas, que estão furiosas depois da festa destruidora que os dois fizeram em sua casa na noite anterior. As confusões que eles se metem são tantas, que eles acabam até se envolvendo num grupo de malucos vestidos com roupas espaciais feitas de plástico-bolha.

Les Anderson (Sem Licença para Dirigir) Les tem um encontro com a garota cobiçada da escola, mas não tem carteira para guiar. Por este motivo, resolve roubar o carro do seu avô para encontrá-la. A partir daí é só confusão. Les acaba colocando a garota bêbada no parta-mala e sai para curtir com os amigos. Como nem tudo é perfeito, um bêbado acaba roubando o carro.

Buddy Revell (Te Pego Lá Fora) Fala sério! Quem nunca teve um 'adversário' durante o período escolar? Normalmente, os valentões da escola costumam dar bastante trabalho, sobretudo, quando o objeto de sua revolta é você. É o caso de Buddy Revell, um garoto problemático que foi transferido para uma nova escola. Tudo ia bem, até que Jerry Mitchell, responsável pelo jornal da escola, tenta uma entrevista com o tão falado valentão. Não haveria nenhum problema nisso, se Jerry não tivesse encostado a mão em Jerry – passaporte para uma briga na hora da saída. O que se passa a partir daí é tenso e hilário. Mitchell tem poucas horas para fugir da escola (e da surra) ou enfrentar o problema de frente. Para quem não assistiu (ainda) ao filme, não vou contar, mas o final é muito legal. Quem já teve algum problema parecido na escola, certamente se identificará com ele.

via: o buteco da net

veja também