Pesquisa mostra que 98% dos jovens não conhecem efeitos de drogas

Pesquisa mostra que 98% dos jovens não conhecem efeitos de drogas

Atualizado: Quarta-feira, 30 Junho de 2010 as 9:38

Um estudo envolvendo 1.888 jovens de 13 a 18 anos das regiões Centro-Sul da Capital e seu conhecimento sobre os efeitos das drogas foi apresentado nesta terça-feira na sede da Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre. O estudo tinha como principal objetivo demonstrar que palestras com o tema "Neurofisiologia da Drogadição e da Violência" podem ser utilizadas como instrumento no trabalho preventivo em relação ao uso de drogas.

O resultado apontou que, antes de acompanhar palestra, 53% dos jovens pesquisados responderam achar que tinham conhecimento sobre esses os efeitos das drogas. Porém, após a palestra, 98% reconheceram que não conhecem o suficiente sobre o tema.

A pesquisa foi realizada pelo gabinete Regional de Polícia Cidadã do Comando de Policiamento da Capital (CPC) da Brigada Militar. A inteção também era saber se os jovens possuíam conhecimentos suficientes a respeito de drogas, constatar o nível de associação entre a ação dos chamados "bondes" e a violência e avaliar como a família interage com os jovens a respeito do assunto.

O levantamento revelou que 54% dos jovens obteve informações sobre as drogas com amigos e apenas 36% através dos pais. Além disso, 69% dos pesquisados reconhecem que existe relação direta entre o problema da violência e as ações dos "bondes".

Segundo o comandante do CPC, tenente-coronel Antero Batista de Campos Homem, a ideia é reforçar o combate às drogas por meio de palestras em escolas, envolvendo profissionais da área de saúde. "Queremos focar nos adolescentes, que são a parte mais vulnerável da sociedade. Porém, nada impede que essas atividades sejam realizadas em instituições de classe e outras entidades", declarou.

veja também