Pesquisas apontam redes sociais como melhor lugar para encontrar emprego

Use sua rede social para escolher bem seu futuro

Atualizado: Sexta-feira, 22 Fevereiro de 2013 as 1:25

 

emprego na redeRedes Sociais são usadas por muitas pessoas para encontrar velhos e novos amigos além de expor ideias e dividir opiniões, mas para os que não sabem, redes sociais tamb´me são ótimas para se conseguir um emprego.

Empresas e consultorias de RH (recursos humanos) usam rotineiramente as redes sociais para divulgar suas oportunidades de emprego e avaliar os candidatos a funcionários.

Segundo estudo da empresa Scup, plataforma de monitoramento e gestão de mídias sociais, só entre os dias 21 de janeiro e 3 de fevereiro foram 11.544 anúncios no Brasil feitos em redes sociais o que significa que a busca as oportunidades de emprego existem, basta saber procurar

Segundo o diretor de mídias sociais do Kekanto, Ricardo Azarite, existem muitas formas das pessoas usarem as redes sociais para encontrar seu emprego, mas muitas delas não sabem como fazer. Trouxemos aqui 5 dicas para que os jovens usem melhor suas redes socias para procurar emprego e tenham ótimo retorno.

1. Aprenda a usar buscas

Segundo Azarite, as buscas nas redes sociais podem ser sempre refinadas. Por exemplo, a expressão "oportunidades de emprego" traz vários posts que necessariamente não falam de vagas de emprego.

"O candidato tem que ir testando as melhores palavras ou expressões para encontrar a vaga que deseja. Gastar uma tarde com isso já resolve", orienta.

O Twitter, por exemplo, tem ferramentas de semântica de busca que auxiliam na procura. A palavra "OR" entre duas palavras traz todos os posts que contenham uma ou outra. Já uma palavra entre " " traz todos os posts que tenham exatamente a expressão, como "analista de crédito". Também é possível misturar os dois comandos: "analista de crédito" OR "analista financeiro".

E o Twitter tem o comando "-" para eliminar todos os posts que tenham a palavra, como "-temporário", que vai trazer todos os posts não relacionados com vagas temporárias.

2. Uso de feeds

Cada área profissional ou rede social tem palavras-chave de buscas mais fortes. O usuário das redes sociais pode usar os recursos RSS para criar "feeds" de notícias que lhe interessarem.

"Sites como blogs e o Twitter têm isso. O usuário recebe um aviso automático quando o assunto que deseja aparece", explica.

3. Cuidado com seus perfis

As empresas e RHs já monitoram as redes sociais dos candidatos, portanto, é esperado que a pessoa tenha um perfil semelhante à empresa ou vaga escolhida.

Em redes sociais mais profissionais, como o LinkedIn, também se exige mais seriedade. Além disso, se verifica quais grupos o usuário assina e como é sua participação.

"Perfis no Twitter ou Facebook que só têm besteiras ou mesmo conteúdo não ético ou preconceituoso tendem a barrar a contratação", diz.

4. Mantenha dados atualizados

Informações acadêmicas e profissionais atualizadas também devem constar nas redes sociais dos candidatos. "Pode ser um chamariz maior ou item de eliminação de candidatos", analisa.

5. Não ficar restrito a uma opçãor

Redes sociais como Twitter têm mais vagas porque são mídias sociais feitas para divulgação rápida. Porém, dependendo da área profissional as vagas podem estar em mais locais da internet.

"O candidato deve olhar todas as redes sociais populares, como Facebook, Twitter, Google +, Orkut, entre outras. Também deve-se ficar atento para blogs profissionais e grupos de discussão."

 

Agora que você já conferiu as dicas, já está na hora de começar sua busca e quem sabe no final da tarde de hoje você já comece a participar do grupo de funcionários de alguma boa empresa em?! Boa Sorte!

 

com informações de: Folha Uol

 

veja também