Piratas do Caribe em LEGO

Piratas do Caribe em LEGO

Atualizado: Terça-feira, 14 Junho de 2011 as 9:35

Nome: LEGO Pirates of the Caribbean

Gênero: Aventura

Distribuidora: Disney Interactive (distribuído no Brasil pela Arvato Games)

Plataformas: PSP / PS3 / Xbox 360 / 3DS / Wii / PC

Aproveitando o lançamento do filme Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas, a Disney coloca as pecinhas de plástico mais famosas do planeta para entrarem no clima de Jack Sparrow e companhia em um jogo que envolve todos os filmes da franquia.

Navegando em águas quadradas

Com certeza você já se deparou com algum filme, como Star Wars e Indiana Jones, interpretado pelos personagens quadradinhos de LEGO. Para aqueles que não gostam da idéia, saibam que o pesadelo parece não ter fim e agora a vitima é a franquia Piratas do Caribe. Mas se você é daqueles que apreciam a idéia, fique ligado, pois a tendência é que cada vez mais filmes e série apareçam no mundo das peças de montar.

A verdade é que LEGO Pirates of the Caribbean consegue ser um jogo melhor do que se alguma produtora investisse em um filme próprio para a franquia, pois por diversas vezes nos deparamos com títulos que fracassam ao tentar repetir o sucesso de um filme nos consoles. E convenhamos, que vice-versa essa regra também se aplica.

Revivendo as filmes da franquia

Para a alegria dos fãs de Piratas do Caribe, LEGO não se inspirou em apenas um, mas sim em todos os filmes da franquia, dividindo o jogo em 4 capítulos, um para cada filme. Mas um aviso: caso você não tenha assistido a algum filme da série, prepare-se para muitos spoillers, pois LEGO Pirates of the Caribbean faz questão de seguir a risca trechos importantes e reproduzi-los em uma versão quadrada e engraçadinha.

O bom humor da franquia LEGO está presente a todo momento, ajudando a reforçar o clima descontraído e divertido do jogo. Se esses fatores passam a sensação de um jogo infantil, esqueça, pois o título possui diversos elementos complexos demais para uma criança, como quebra-cabeças em que é preciso redirecionar a luz solar para chamar a atenção do barco de resgate.

O que também agrada é a possibilidade de jogar com todos os personagens da série, desde heróis a vilões. Cada um possui uma particularidade diferente e fundamental para determinados momentos da trama. Além disso, depois de terminar o jogo e habilitar todos, é possível escolher qualquer personagem e reviver as antigas aventuras.

A simplicidade que agrada

Como a grande maioria dos jogos de aventura que misturam combates, saltos em plataformas e outras tarefas básicas, LEGO Pirates of the Caribbean não deixa a desejar ao público em geral, mas sua praticidade pode ser confundida com simplicidade para os gamers mais exigentes. Mesmo assim, devemos sempre lembrar que foi um jogo desenvolvido para um público mais jovem, em torno de 10 a 18 anos.

E em decorrência dessa simplicidade, o jogo esbarra em muitos bugs de cenários. Acontece, por exemplo, do personagem ficar preso entre plataformas ou alguns bonecos não conseguirem sair do mar. Outro bug, mas que causa menos incômodo, é em relação às câmeras fixas. Algumas missões acabam se complicando por conta de elementos fundamentais escondidos no cenário. Uma câmera em 360 graus poderia ajudar na visualização.

Peças cinematográficas

Chamar os gráficos de LEGO Pirates of the Caribbean de quadrados é relativo, afinal o game foi desenvolvido para ser quadrado como a cultura das suas peças de montar. Mas o grande problema é na conversão de personagens característicos para o mundo de LEGO. Em outras palavras, por mais que seja engraçado ver um bonequinho amarelo de Jack Sparrow, isso ainda divide opiniões, afinal não são todos que concordam com essa idéia.

Mas os cenários em si até agradam, pois representam bem as cenas do filme nos mínimos detalhes. O jogo também se mostra competente na hora de rodar a 60 quadros por segundo, o que facilita a jogabilidade durante todo o game. O áudio do game não deixa a desejar, talvez o que pode incomodar um pouco é a ausência de falas durante o jogo, pois os bonecos limitam-se a gesticular e emitir sons de expressão como: Oh! Hum!.   

Conclusão

Para os fãs da série, LEGO Pirates of the Caribbean fez um excelente trabalho em reproduzir as aventuras de Jack Sparrow para dentro dos consoles. Embora os gráficos não sejam dignos de um Oscar, o game agrada pela jogabilidade agradável e um enredo divertido. Sem dúvidas é a melhor adaptação de um filme para a franquia LEGO.

veja também