Preço não é fator determinante para jovens não consumirem cultura

Preço não é fator determinante para jovens não consumirem cultura

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 2:36

O preço não é um fator determinante para que os jovens não consumam cultura no Brasil, segundo avalia o diretor da TNS Research International, Jorge Kodja.

Em estudo realizado recentemente pela TNS, TRU Brasil 2011, constatou-se que o jovem brasileiro, com idade entre 12 e 19 anos, atribui inexpressiva importância às atividades culturais, sendo que 80% nunca vai a concertos, teatro, ópera, ballet ou eventos culturais e políticos.

O hábito da leitura também não faz parte do cotidiano dessa faixa da população: 75% não leu nenhum livro por iniciativa própria em 2010. O levantamento apurou ainda que 76% dos entrevistados nunca visitou museus em suas cidades.

"O preço ajuda a mover ou não as pessoas para determinada direção, mas não é determinante (…) O contexto brasileiro não colabora com as atividades culturais, sendo que, nesta faixa etária, os jovens estão mais preocupados com questões individuais", diz Kodja.

Informação

De acordo com a pesquisa da TNS, a TV é a principal fonte de informação dos jovens brasileiros, atingindo 68% deles. Internet e rádio aparecem em seguida, com 20% e 4% das indicações, nesta ordem.

Entre os jovens das classes mais altas, a internet é a mídia mais utilizada, sendo considerada mais divertida, informativa e sem a qual não viveriam. Na classe D, por outro lado, a TV é o canal de comunicação mais divertido.

No que diz respeito aos assuntos prediletos dos jovens, o levantamento aponta que as meninas gostam de novelas e tramas do gênero, enquanto os garotos preferem esportes e humor. Nas revistas, os assuntos mais procurados por elas são: beleza, moda, horóscopo e fofocas de celebridades; eles gostam de esportes.

Para o estudo, realizado em 40 países, incluindo o Brasil, a TNS ouviu no país 1,5 mil adolescentes e jovens de 12 a 19 anos, das classes A a D, das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

veja também