Programa Menor Aprendiz emprega 76 adolescentes

Programa Menor Aprendiz emprega 76 adolescentes

Atualizado: Quinta-feira, 17 Junho de 2010 as 10:12

O Programa Menor Aprendiz é garantido através da equipe profissional da Escola Oficina Adelíria Meurer, onde é ofericido suporte técnico e pedagógico aos aprendizes. Atualmente, 76 adolescentes estão no mercado de trabalho, sendo que 42 participam da formação na própria Escola Oficina e os demais no SESI/SENAI. O programa é efetuado através de parceria criada para beneficiar a área da indústria. Deste modo, desde 2001 mais de 400 adolescentes já participaram do Programa Menor Aprendiz e foram encaminados ao primeiro emprego

Em Francisco Beltrão o programa é coordenado pela APMI Haroldo Beltrão, em parceria com a administração municipal, atendendo adolescentes que frequentam a Guarda Mirim Padre Harry Von Briel, que funciona em anexo à Escola Oficina Adeliria Meurer. É normatizado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente -ECA, amparado na Lei 10.097/2000. Esse programa do governo federal incentiva empresas a contratarem, em forma de aprendizado, adolescentes maiores de 14 anos.

O período de trabalho/aprendizagem na empresa varia de 4 a 8 horas diárias. Para os adolescentes a principal condição é estarem estudando regularmente no sistema oficial de ensino e, uma vez por semana, participar de trabalhos de formação na Escola Oficina, monitorados por profissionais do quadro próprio da administração municipal, além de voluntários.

LÍDERES

São realizadas, periodicamente, visitas às empresas para divulgação do programa, na expectativa de conquistar mais colaboradores. Segundo o coordenador do programa e diretor da Escola Oficina, Wagno da Silva, muitos desses menores, ao término do contrato, acabam sendo efetivados na empresa. “Alguns deles hoje ocupam função de gerência e liderança no local onde iniciaram suas atividades como Menor Aprendiz”, explica o diretor.

veja também