Quando eu tinha 15 anos: Roberto Justus

Quando eu tinha 15 anos: Roberto Justus

Atualizado: Segunda-feira, 25 Julho de 2011 as 8:42

Em 1970 Café Filho comandava a ditadura militar no Brasil e entrou em vigor o tratado internacional de não proliferação nuclear e foi declarada a independência de Fiji. Neste mesmo ano, foi declarado o fim oficial dos Beatles, para a tristeza do empresário e apresentador Roberto Justus, com 15 anos na época. Ao iG Jovem, "Bob" conta que gostava de passar trote e já era engomadinho.

iG: Quem era seu ídolo?

Roberto Justus: The Beatles, minha paixão.

iG: Qual era seu apelido?

Roberto Justus: Bob (diminutivo de Roberto em inglês).

iG: Qual era sua música favorita?

Roberto Justus: "Something" dos Beatles.

iG: Qual era seu estilo?

Roberto Justus: Calça boca de sino e cabelo comprido (até o ombro), chamávamos de Beatnick. Eu não era desleixado, já era arrumadinho.

iG: O que você não suportava?

Roberto Justus: Odiava acordar cedo para ir à escola, e meus pais insistiam em não me colocar à tarde.

iG: O que você aprontou?

Roberto Justus: Trote. Ligar para as pessoas e dar trote era uma coisa que fazia com minha turma.

iG: De qual panelinha fazia parte?

Roberto Justus: Não tinha panelinha específica, mas tinha meus amigos inseparáveis.

iG: Quem era seu ícone de beleza?

Roberto Justus: Anne Bancroft, a professora Mrs. Robinson do filme "A Primeira Noite de Um Homem". Uma morena maravilhosa pelo qual fiquei apaixonado neste filme. Também tinha a Ali MacGraw, do filme "Love Store". Tinha um amor platônico quando as via no cinema.

iG: O que sonhava em fazer da vida?

Roberto Justus: Meu pai tinha uma empreiteira, e a única certeza que eu tinha é que eu não queria engenharia. Eu só falava que queria deixar um marco na minha vida. Desde pequeno era muito observador e determinado em buscar alguma coisa de sucesso.

iG: O que queria mudar no mundo?

Roberto Justus: Em 1970 tinha Ditadura no Brasil e era uma coisa que me incomodava. Queria que o Brasil fosse um país mais democrático.  

veja também