Reitor da USP explica porque a instituição está entre as melhores do mundo

Reitor explica porque USP está entre as melhores do mundo

Atualizado: Terça-feira, 21 Agosto de 2012 as 2

Na última semana, o reitor da USP, João Grandino Rodas, concedeu entrevista ao programa de rádio da instituição, a Rádio USP, comentando o resultado do ranking Academic Ranking of World Universities, elaborado pela Universidade de Xangai. A lista classifica as 150 melhores instituições do mundo e entre elas está a USP, que foi a universidade latino-americana melhor colocada.

O bom desempenho que a universidade tem apresentado em diversos rankings internacionais pode ser explicado pela reorganização de sua produção científica, de acordo com o reitor. Aproveitando a ocasião, o dirigente anunciou que o terceiro edital do Programa de Incentivo à Pesquisa está prestes a ser lançado. Nessa terceira etapa, o programa investirá cerca de R$ 70 milhões, totalizando mais R$ 200 milhões de recursos oriundos do orçamento da própria USP e destinados a financiar projetos de pesquisa inovadores e interdisciplinares.

"É importante que a Universidade dedique parte de seu orçamento para a pesquisa. Esperamos que as outras universidades brasileiras, cada qual dentro de suas possibilidades, possam seguir o exemplo. Com isso, faz jus à importância da pesquisa, bem como possibilita que linhas de pesquisas, muitas vezes não contempladas pelas agências, possam ser atendidas. Fazendo isso, a Universidade está exercitando sua autonomia no âmbito da pesquisa", afirma o reitor.

Segundo João Grandino Rodas, outro fator que contribui para a escalada nos rankings é o processo de internacionalização pelo qual passa a Universidade. Nesse sentido, o reitor mencionou que as primeiras bolsas do Programa de Bolsas de Intercâmbio Internacional para alunos de graduação já estão sendo liberadas e ele ressaltou que essa ação é importante, não só para o aprendizado do aluno, mas também para divulgar o potencial e melhorar a reputação da USP no exterior. 

veja também