Retenção de Talentos: O que a Geração Y procura?

Retenção de Talentos: O que a Geração Y procura?

Atualizado: Quarta-feira, 4 Maio de 2011 as 3:31

Tenho percebido que algumas empresas já estão adotando práticas para adaptar-se a estes perfis, que por sinal, são bem talentosos e com futuros muito promissores para os negócios, afinal, já temos relatos de muitos Gestores e Empreendedores Geração Y.

E como não perder estes talentos? Será que somente a aplicação de políticas de Remuneração e Benefícios é suficiente?

Ai é que mora o engano!!!

Para muitos profissionais a segurança de um salário compatível ou acima do mercado, remuneração variável, e o alinhamento de benefícios fora dos padrões comuns (refeição, assistência médica e odontológica, transporte e seguro de vida), já não são atrativos para manter-se em seus empregos. Conheço empresas que possuem parcerias que permitem você receber descontos em lojas de roupas e eletrônicos. É só apresentar o crachá na hora do pagamento.

Mas só isso não é mais suficiente!!!

Falam que a galera da Geração Y troca de empresa como trocam de roupa, mas é perceptível a influência do perfil destes novos talentos altamente competitivos no mercado. Hoje a preocupação destes jovens está em buscar empresas compatíveis com os seus valores psicossociais, que possuam um ambiente de trabalho dinâmico e em constante mudança motivando-os de diversas maneiras. Pode parecer besteira, mas a simples preocupação em fornecer uma cadeira ergonômica para alguns, pode fazer uma grande diferença para outros.

Essa é a evolução do conceito de padronização.

Gerações no comando, vamos olhar lá na frente, pois estes jovens serão os futuros Gestores, Executivos, Diretores, Superintendentes, Presidentes, ou talvez, CIO's, CEO's, CSO's, como preferirem intitulá-los (é provável que estes termos mudem num futuro próximo).

Muitos livros de Administração serão reescritos, teorias esquecidas ou alteradas; novos conceitos surgirão e serão estudados por outras gerações; nascerão novos perfis de empreendedores, administradores, perfis filosóficos, políticos.

Uma revolução está por vir e não dá para continuar pensando dentro da caixa.

Os jovens da Geração Y só querem ser eles mesmos e vocês podem se beneficiar disso!

Por: Francisco Albuquerque

veja também