Saiba o que você precisa para trabalhar no Google

Saiba o que você precisa para trabalhar no Google

Atualizado: Terça-feira, 12 Abril de 2011 as 11:51

Se você é recém-formado e tem o sonho de trabalhar no Google, uma das melhores empresas de tecnologia da atualidade, saiba que esse pode ser o seu ano! De acordo com uma publicação no blog de Alan Eustace, vicepresidente de Engenharia e Investigação da companhia, o número de contratações superará o recorde da empresa em 2007, que acrescentou seis mil funcionários.

A razão é o grande crescimento do sistema operativo Android, da plataforma de aplicação do Google, do navegador Chrome, assim como outros projetos como Google Voice e sistemas. O vice-presidente anunciou que buscará candidatos criativos e inteligentes.

Mas nem sempre uma formação ideal é o necessário para ser aprovado para uma vaga na empresa. É o que aponta o livro The Google Resume: How to Prepare for a Career and Land a Job at Apple, Microsoft, Google, or Any Top Tech Company de Gayle Laakmaan McDowell, fundadora e CEO do portal para profissionais de tecnologia, CareerCup.com. Gayle já trabalhou na Microsoft e na Apple, além de ter cuidado da contratação de profissionais no Google e conta que muitos dos profissionais da empresa não são nem graduados.

A escritora reuniu quatro pontos que o Google busca para contratar um novo funcionário:

Paixão por tecnologia

Fique informado sobre as últimas notícias relacionadas ao assunto, bem como as tendências que estão por vir. Além disso, é importante imaginar novas soluções tecnológicas para melhorar serviços. Portanto, uma boa leitura ajuda a ter mais ideias. Com isso o candidato também se sentirá mais preparado para conversar com o seu entrevistador.

Paixão pela empresa

Os responsáveis pela contratação valorizam os candidatos que gostem da empresa e que já estão familiarizados com os produtos da companhia, especialmente quando há sugestões de melhorias.

Criatividade

Deixe sua imaginação voar! Se algum desafio for proposto durante a entrevista ou dinâmica não pense em limitações e procure sempre linkar com alguma atividade que você tenha desenvolvido anteriormente.

Iniciativa

Esse campo, segundo a autora, é muito amplo, mas a ideia é mostrar ao seu entrevistador que você tem iniciativa para desenvolver novos projetos. Vale desde um trabalho voluntário até criar um blog para uma ONG.

veja também