São Paulo, uma das maiores cidade do mundo em oportunidades

São Paulo, uma das maiores cidade do mundo em oportunidades

Atualizado: Quinta-feira, 24 Novembro de 2011 as 3:48

A cidade de São Paulo ocupa o 24º lugar entre as cidades que têm as melhores oportunidades no mundo. A capital paulista supera apenas de Johannesburgo, na África do Sul, e Mumbai, na Índia, em umranking que avalia as 26 melhores Cidades de Oportunidade. A líder é Nova York (Estados Unidos), seguida por Toronto (Canadá), São Francisco (Estados Unidos) e Estocolmo (Suécia). São Paulo foi a única cidade brasileira a ser analisada pelo estudo.

O estudo, que foi divulgado na tarde da última terça-feira (22) durante a 5ª Mostra Responsabilidade Socioambiental da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), analisou 66 variáveis divididas em dez indicadores: capital intelectual e inovação, prontidão tecnológica, transporte e infraestrutura, saúde e segurança, sustentabilidade, influência econômica, facilidade em fazer negócios, custo, demografia e qualidade de vida e estilo de vida.

A pesquisa utilizou como base dados fornecidos pelo Banco Mundial, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), por organizações de estatística nacionais tais como a UK National Statistics e o US Census Bureau, além de provedores de dados comerciais. Os dados foram coletados durante o segundo e terceiro trimestres de 2010.

Apesar de figurar nas últimas posições, a cidade de São Paulo se destaca em sustentabilidade, onde figura como a oitava melhor cidade do indicador. Nesse item, São Paulo se destaca no consumo de energias renováveis (segundo posto mais alto entre os países) e na baixa emissão de carbono (também como a segunda melhor cidade nessa variavél). A cidade também ocupa a primeira posição na variável maior conforto térmico, dentro do indicador de demografia e qualidade de vida. Outro ponto positivo para a cidade é a agitação cultural, oferecendo uma boa quantidade de restaurantes, cinemas, museus e espetáculos teatrais e musicais, além de ser uma cidade associada ao espírito de sua época.

Um dos destaques negativos de São Paulo é na área de transporte, onde ocupa a penúltima posição, acima apenas de Johannesburgo. Segundo o estudo, São Paulo apresenta um índice ruim em cobertura de transporte público e extensão da malha rodoviária de transporte coletivo. E também é uma das cidades mais congestionadas entre as 26 analisadas, atrás apenas da Cidade do México (México), Pequim (China), Mumbai e Johannesburgo. Outro indicador negativo é saúde e segurança, onde São Paulo aparece na penúltima colocação, à frente somente de Moscou (Rússia) e a pior no desempenho de criminalidade.

São Paulo também é uma das cidades que tem o maior custo, acima apenas de Mumbai, e uma das cidades que apresenta maior dificuldade para fazer negócios (à frente de Mumbai, Moscou e Xangai), sendo a cidade mais difícil do mundo para se abrir um negócio, a mais difícil para se fazer contratações e uma das mais inflexíveis do mundo com relação à jornada de trabalho.

Segundo Hazem Galal, sócio da PricewaterhouseCoopers e coordenador do estudo, São Paulo é uma cidade que desperdiça muitas oportunidades. "Hoje em dia, São Paulo tem um potencial muito alto não só para ser a principal cidade da América Latina, mas também para se destacar em nível mundial".

veja também