Secretaria de Saúde inicia campanha para doação de sangue no fim do ano

Participe da doação de sangue de fim de ano

Atualizado: Sexta-feira, 28 Dezembro de 2012 as 1:42

 

Ser solidário faz toda diferença principalmente agora, em épocas de festas onde infelizmente os riscos de acidentes e pessoas hospitalizadas são ainda maiores. Acreditando nessa solidariedade e pensando no bem estar dos que precisam, a Secretária de Saúde começou mais uma campanha pela doação de sangue.

Em parceria com a empresa de telefonia Claro, a Secretaria quer garantir um bom volume de sangue em seu estoque nesse fim de ano.

Além da queda de doações, durante as festas de fim de ano, o número de acidentes tende a crescer o que aumenta a necessidade de bolsas de sangue nos estoques.

A campanha que será limitada apenas para os clientes da Claro, devido a parceria com a empresa, terá mensagens enviadas por mensagens para 15 milhões de usuários tentando impedir a queda no número de doações que nessa época do ano costuma cair cerca de 30%.

O número de vidas que podem ser salvas por meio de uma doação de sangue é de quatro pessoas, pelo menos e de uma unidade de sangue total podem ser fracionados concentrados de hemácias, plasma, concentrados de plaquetas e crioprecipitados que ajudam também na cura de outras doenças.

Alguns mitos podem impedir as pessoas de fazerem doações por isso vamos esclarecer alguns deles.

A doação de sangue não engrossa nem afina o sangue.

Doando sangue você não ganha nem perde peso.

Mulheres podem doar sangue mesmo no período menstrual.

A doação de sangue não oferece ao doador nenhum risco de contrair doenças infecciosas, portanto, você não corre risco de contrair AIDS ou Hepatite com a doação de sangue.

O processo de doação de sangue dura cerca de 1hora e é dividido em cinco etapas sendo elas: cadastro (ou registro) do doador, triagem clínica que inclui teste de anemia, verificação da pressão arterial, batimentos cardíacos, peso, temperatura e questionário sobre sua saúde, voto de auto-exclusão, doação propriamente dita e lanche pós- doação.

Para ser um doador você deve se enquadrar nas exigências feitas pela secretaria o que inclui ter entre 16 e 67 anos e pelo menos 50 kg, apresentar documento de identidade e preferencialmente não ter consumido bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação.

Não são cobrados valores para os voluntários à doação de sangue.

Quer ser solidário? Então confira no site da Secretaria de Saúde alguns endereços para que você também possa colaborar com a campanha.

http://www.saude.sp.gov.br/ses/perfil/cidadao/homepage/destaques/doacao-de-sangue

 

com informações de: CatracaLivre / Secretaria de Saúde (Governo do Estado de São Paulo)

veja também