Série: Falando de Amor - Final

Série: Falando de Amor - Final

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 10:53

"Se você amar alguém, será real para com ele, custe o que custar. Sempre acreditará nele, sempre esperará o melhor dele, e sempre se manterá em sua defesa." (1 Coríntios 13:7)

Última parte da nossa série sobre o amor, e espero que tenham aprendido e aberto o coração aos ensinamentos de Deus, porque vou contar um segredo: Cheguei a pensar que não devia ter escrito essa série, nem aberto o meu coração ao aprendizado, porque o tanto que fui posta à prova não foi brincadeira. Mas, afinal, aprendemos a amar, tendo que amar. Não é algo que muitas vezes você sente, mas você escolhe.

"Se você amar alguém..." - SE você for capaz, SE você puder, SE você se disponibilizar, SE você escolher amar alguém... Fomos criados para o amor. A própria essência de Deus é o amor, e Ele colocou em nós características de seu próprio caráter.

"Será real para com ele, custe o que custar." - Não é de vez quando, não é uma vez ou outra, não é quando lhe convém, é custe o que custar. Não importa as circunstâncias, é custe o que custar. Não importa se a pessoa está errada, por amor a Ele você será real, custe o que custar. E abre parênteses aqui: Isso não é janela aberta pra você falar poucas e boas para a pessoa e usar o argumento que é por amor. Pense bem!

"Sempre acreditará nele, sempre esperará o melhor dele, e sempre se manterá em sua defesa." - Acredite nas pessoas, espere o melhor delas, defenda-as! Quando penso em amor, penso em como o mundo necessita dele e está carente por ele. As pessoas só querem ser ouvidas, ter alguém que as olhe nos olhos e diga: "Eu acredito em você!", alguém que lute por elas, que as valorizem.

E onde está você? Que diz que adora a Deus mas não estende as mãos? O amor é uma ação, é um ato, é um verbo. Se você diz que ama a Deus e não ama ao seu irmão é mentiroso, a bíblia diz isso.

Aja. Não fique na teoria. Ler textos em blogs é muito bom, muito legal, muito edificante, mas você verá como se edificará amando quem não merece, amando que não é amado, amando quando não se tem vontade de amar! É inexplicável a experiência.

Por: Camila Zaponi, 19 anos - estudante de música, ministra de louvor e líder de adolescentes

veja também