Surpresa!

Surpresa!

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 9:11

Deus tem uma incrível mania de nos aprontar algumas surpresas. A má notícia é que grande parte dessas surpresas não é exatamente daquele tipo que agente gosta.

Sabe quando você está andando desatento, todo desligado, pensando na vida, quando de repente surge de trás da parede seu irmão mais velho rompendo todo o silêncio com um grito ensurdecedor: "BUUH!!" Não vou citar como você reage pra não te deixar constrangido, mas no mínimo surpreso você sabe que fica.

Você pode preferir chamar de "susto", mas é mais ou menos desse tipo de surpresa que estamos falando. Tipo depois de receber o tão esperado filho, sim, aquele que daria início a promessa, chega Deus e BUUH! Ele o pede como sacrifício. Ou como a surpresa de saber que mesmo você tendo feito tudo certinho aí BUUH! A palavra da esposa de Potifar vale mais que a sua, e que conseqüentemente seu lugar é a prisão.

Se lendo essas histórias já nos dá agonia, imagine estando na pele deles. Tenho certeza que isso não era o que você esperava quando leu ou ouviu essas histórias pela primeira vez, e, ainda mais, não era o que os protagonistas esperavam para o que eles chamavam de propósito de Deus.

Eles realmente foram surpreendidos. O propósito de Deus estava se cumprindo de uma maneira totalmente diferente do que eles pensavam, e pra deixar mais claro, de uma maneira totalmente diferente da que eles queriam.

Às vezes (muitas vezes), isso também acontece conosco. Nossa mente é pequena, não temos se quer idéia do que compreende a mente de Deus. Diferente do seu irmão mais velho atrás da parede, Deus não está aprontando joguinhos com você, muito pelo contrário, Ele tem um eterno propósito para sua vida, conhece cada passo que você ainda nem deu, ele já sabe até onde você vai errar, por isso ele já vai aprontando tudo por trás dos bastidores pra te colocar de novo no eixo.

Eu sei que é um baque tremendo. Você pode gritar pelo susto. Seu coração vai bater mais rápido. E como uma criança assustada, é provável que você chore, e pode chorar mesmo. Mas chore diante de Deus, desabafe com Ele, revele seu coração, que Ele vai revelar um propósito, e ainda que você não consiga ver ou ouvir nada, não se preocupe que no fim, aquele versículozinho que pode até parecer manjado, ele tem grande poder, e de fato, todas as coisas (todas mesmo) contribuem para o bem daqueles que amam a Deus.

Charles Swindoll bem disse em seu livro sobre a misteriosa vontade de Deus: "...Aquele cuja vontade parece confusa e misteriosa é fiel... ele se mantém o mesmo, de modo imutável e consistente." Talvez alguém diga: - Mas Deus? É meu único filho, aquele que o Senhor mesmo prometeu! Lembra?; Ou outro diga: Na cadeia!? O Senhor me revela coisas grandiosas em meus sonhos, e eu aqui, mesmo dando o meu melhor eu vou parar é na cadeia? Isso ta errado!

E novamente citando Swindoll, "Pensamos que a vontade de Deus é semelhante à nossa, a não ser pelo fato de Ele ser mais esperto e enxergar um pouco mais longe. Projetamos nosso estilo de vida humano no caráter de Deus." E diante disso Deus simplesmente responde como Manning expressou em palavras: "Desejo que me deixem ser quem eu sou e parem de impor suas idéias pequenas, tolas e infundadas acerca de quem vocês pensam que eu devo ser."

Deixe Deus ser Deus na sua vida. Pare de pegar a vontade de Deus e conformá-la à sua própria vontade. Se Deus te surpreender, não relute, porque depois do susto e do grito histérico, vêm as gargalhadas. Sorria com Deus, e ainda que você não tenha entendido nadica de nada, fique confiadamente à deriva do seu propósito.

E por fim, finalizo com um versículo apaixonante da Bíblia, de um capítulo que recomendo que você leia por completo neste exato momento: "Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles." (Salmo 139:16)

Por Rafael Vilarins, 22 anos - seminarista, líder de célula, bombeiro militar e estudante de arquitetura

veja também