Tem medo de pedalar na cidade? Ciclistas anjos podem ajudar

Tem medo de pedalar na cidade? Ciclistas anjos podem ajudar

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 10:45

Fugir dos congestionamentos, ganhar saúde, conhecer e interagir mais com a cidade onde você mora, economizar dinheiro e tempo… tudo isso está na lista de benefícios de quem anda de bicicleta. Mas é fato: pedalar em uma grande cidade, como São Paulo, dá medo. Em especial para os iniciantes, é desafiador se locomover sobre duas rodas em ruas e avenidas que não estão projetadas para receber ciclistas e dividir espaço tantos carros, motos e ônibus – e motoristas nem sempre gentis.

Para ajudar pessoas que querem começar a pedalar no ambiente urbano, surgiu o Bike Anjo. Desde dezembro de 2010, ciclistas apaixonados pelo meio de transporte sobre duas rodas oferecem “suporte” àqueles que querem começar. Eles acompanham os iniciantes durante a rota e ajudam a traçar caminhos alternativos, chamados de “ciclovias invisíveis”, que evitam as grandes avenidas.

Em entrevista ao site Verde Bike, o pessoal do projeto explica que “a pedalada em grupo ou com uma companhia traz mais segurança e confiança aos ciclistas, quebrando alguns paradigmas que trazem medo ao ciclista iniciante.”

O Bike Anjo tem voluntários em várias cidades do Brasil: Piracicaba, São Carlos, Santos e Baixada Santista, Sorocaba, Araçatuba, Mogi das Cruzes, em SP, Belo Horizonte, Uberlândia, Aracaju, Manaus, Recife, Florianópolis,  Belém, Porto Alegre, Bagé, Rio de Janeiro, Niterói, Cachoeiro do Itapemirim, Fortaleza, São Luis do Maranhão, Curitiba, Ponta Grossa e Salvador.

Como funciona?

Você preenche um pequeno cadastro no site do projeto, com algumas informações como o dia e horário em que quer pedalar, o local onde está e o trajeto que vai fazer. O retorno acontece em até 15 dias.

O Bike Anjo é gratuito. E eles explicam: “Acreditamos em uma cidade melhor, com um trânsito mais seguro para as pessoas, por meio da educação e orientação. Nós também já fomos iniciantes e sabemos como é começar a pedalar em uma cidade urbanizada como São Paulo.”

E aí, se animou para começar?

veja também