Tenha Fé...

Tenha Fé...

Atualizado: Segunda-feira, 29 Agosto de 2011 as 8:35

Não era tempo das guerras! Apesar das batalhas cada vez mais constantes... Sabíamos que o inimigo estava acampado por perto, mesmo assim meu povo trabalhava tranquilo nas plantações. Estávamos em paz porque confiávamos no Senhor e Ele nos livraria de qualquer aflição e sofrimento. Era o que acreditávamos.

De repente muitos, que ao gritarem despertavam o terror mais íntimo em nossas almas, atacaram... Corríamos de medo, desesperados. Perdi-me dos amigos e dos pais em meio à fuga. Apenas corria e pensava que nosso Deus era Fiel e Ele nos livraria dessa batalha. Mas também pensava como Ele iria fazer isso? Nosso inimigo adentrava e destruía nossa plantação! Desanimado via todo trabalho terminando ali...

Aquelas plantações eram bênçãos de Deus para nós! Por que conosco? Eu já não estava entendendo nada. Já tinha ouvido falar dos grandes feitos do Senhor no deserto e mar, porém a aflição e o desespero chocavam-se frente a minha fé, e eu não acreditava mais.

Continuei correndo e ao meu lado via tantos como eu, na mesma situação, desacreditados sem força para enfrentar o inimigo e defender o que era nosso por direito, o que Deus tinha nos dado! Olhei para trás e diminui meus passos até parar e não corri mais. Compadeci-me por ver Sama, filho de Azé, imóvel em meio à plantação, em posição de guerra com sua espada em mãos. Observei o campo e vi que era o único que lutaria. Pedi a Deus que o ajudasse, mas quem recebeu a ajuda fui eu.

Por momentos que antecediam o seu encontro com os inimigos, procurei entender o que o motivava...

Ele sabia a quem servia...

Ele apenas confiava em Deus, não que Ele impediria o inimigo, mas que Ele lhe daria força para enfrentá-lo até o ultimo instante de sua vida. Já não existia mais o medo. Ele se depusera para entregar a sua vida em favor de muitos. De tristeza, meu coração se encheu de alegria ao ver o Senhor intervindo em nosso favor.

A vitória era certa. Louvei e adorei ao Senhor em meia a batalha e vi um por um serem derrotados por um jovem e sua espada, que não temia nada apenas ao Senhor Deus Todo Poderoso. E compreendi que no mundo passaremos sim por aflições, mas Cristo venceu o mundo e nos dará força pra vencer também, pois somos um com Ele. Naquele dia o Senhor nos deu grande vitória e Ele apenas me dizia para ter fé, tenha fé...

2ª Samuel 23: 11-12

Por: Felipe Jhonnes

veja também