Testemunho: O tempo de Deus em minha vida

Testemunho: O tempo de Deus em minha vida

Atualizado: Segunda-feira, 21 Março de 2011 as 1:28

Minha trajetória com Deus começou com uma tragédia, em julho de 1999 com apenas 14 anos tive a maior perda da minha vida, minha única irmã. Eu um jovem que não sabia orar, orei todos os dias pedindo a Deus que a curasse... eu e toda a igreja! No dia 26 de Julho quando infelizmente ela faleceu, junto com a perda veio a tristeza, mas veio também um sentimento muito maior, o da decepção e o questionamento de “Por que Deus não a curou? Por que ela? Por que tantas pessoas oraram e Ele não ouviu?”. Mas eu ainda não sabia que era apenas o inicio da minha caminhada com Deus... e que todas as coisas que acontecem são “No tempo de Deus”.

Mudei para Campinas no mesmo ano e aqui fui recebido pela minha família de braços abertos que de tios e primos se tornaram como pais e meus irmãos, e foram eles que me trouxeram até a Igreja do Pq. Itália. Passaram alguns anos e para minha própria infelicidade me afastei da Igreja, e se meu relacionamento com Deus não era dos melhores, aí sim que piorou ainda mais. Mas como todo jovem que se afasta, eu também demorei para perceber que a vida lá fora era pura ilusão, amizades de fachada e sem contar os prazeres e diversões momentâneas. Quando resolvia ir para igreja todas as vezes por obra de Deus era o Pastor Junior que estava pregando e a palavra dele parecia que sempre ia direto para mim. Reencontrei amizades que fizeram toda a diferença nessa caminhada, que aos poucos foram me mostrando quem realmente era Deus e o que Ele poderia fazer na minha vida. Apreendi a orar de verdade, a ajoelhar não somente por ajoelhar, aprendi a ter prazer de estar na casa de Deus.

Foi quando veio o retiro em 2008, um retiro que eu sentia algo diferente... no culto pela manhã na oração, por algum motivo, eu caí em lágrimas e não consegui orar, era algo que eu nunca havia sentido, veio o apelo do Pastor Edmilson, mas eu não levantei a mão. Depois do almoço deitei na minha cama e orei pedindo a Deus que deixasse eu sentir tudo isso novamente no culto a noite, veio o culto com a pregação do Pastor Junior e antes mesmo de começar a oração, aquela sensação maravilhosa me consumia novamente e eu apenas chorava sem se quer conseguir orar, senti que naquele momento era Deus trabalhando em minha vida e me chamando para que eu o aceitasse, e foi o que eu fiz. Hoje, graças a Deus, sou batizado e estou junto com a mocidade na UMAP [União da Mocidade Adventista da Promessa].

Quando aconteceu toda aquela tragédia eu duvidei de Deus, mas hoje eu sei que Ele tem um tempo para todas as coisas e naquela época Deus já tinha em sua agenda minha vida traçada! Eu perdi uma irmã, mas Deus me concedeu uma igreja que é mais que uma simples comunidade, É MINHA FAMILIA... ganhei não só simples amigos, GANHEI IRMÃOS... e ainda ganhei uma namorada e junto com ela uma segunda família... mas o meu maior presente foi a oportunidade que Deus me deu de serví-lo e de estar aqui para contar tudo isso para vocês.

Que Deus continue sempre nos abençoando!

Felipe Piovesan

veja também