Um Amor pra Declarar

Um Amor pra Declarar

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 12:59

Hey pessoas! Essa semana eu recebi um vídeo de uma amiga querida. Demorei mais que o normal para ter tempo e assistir, mas finalmente vi. Sabe, o vídeo não tem nada de espiritual, mas, aprendi uma coisa e tenho tentado colocar em prática.

A história do vídeo é assim; Lucas Jatobá, um brasileiro que viveu durante três anos em Barcelona, na Espanha, estava de mudança para Austrália, mas, antes de sair de Barcelona, quis agradecer a cidade por tudo o que tinha vivido lá e por todos os momentos felizes. Pediu ajuda a um site local e zaz! Fez uma das coisas mais fofas da atualidade. Soltou balões em diversos pontos da cidade, cada um com uma entrada para assistir uma peça teatral, acompanhada de belas palavras de agradecimento.

Simples, não é?

Bem, se você ainda tá se perguntando o porque disso tudo, eu já vou dizer: AMOR DECLARADO.

Achei muito bacana um cara declarar seu amor por uma cidade, um povo, momentos e lembranças. E percebi que eu não faço isso muito bem. Não por cidades, mas, por pessoas. Eu não declaro meu amor por quem me cerca através das minhas atitudes. Eu não abraço, não zelo, não cuido e as vezes esqueço até de orar por eles. E o amor é tão envolvente, não é? Não sei você, mas, eu quando vi esse vídeo, achei que poderia fazer isso pelos meus.

E o mais legal disso tudo é que não houve declaração maior do que a de Jesus. Morreu de tanto amar. Morreu com um amor completamente declarado e exposto. Morreu com os braços abertos, aceitando todos os que viessem até ele. Morreu com dores para que não tivessemos mais dores. Morreu humilhado para que fôssemos exaltados. Declarou seu amor para todos e mesmo sem palavras, continua-se ouvindo sobre esse amor tantos anos depois.

O que a gente precisa, é ser mais como ele é. Abraçar sem distinção e cuidar daqueles que vivem na nossa rotina.

Porque, se um dia a gente precisar ir embora, mudar pra longe, ficar um tempo sem ver, precisamos ter a certeza que fizemos o que estava ao nosso alcance por cada uma dessas pessoas. O cristianismo é feito de gente e ações.

E essas ações não precisam ser complexas; podem ser completamente simples. Tanto quanto dizer "obrigada" ou ir além do "bom dia" com aquela pessoa que você sempre senta ao lado. Abraçar seus pais ou deixar que seu irmão fique com o controle da TV (isso é pra você, Rafael!, meu irmão). Chamar um amigo para almoçar e realmente se interessar pelas histórias de vida dele. Sentar ao lado de alguém que você não tem costume de sentar. Abraçar os idosos. Cumprimentar todos os irmãos da igreja. E existem tantas outras que eu poderia citar... Mas todas elas se resumem em amar e amar e amar... E ah! Declarar esse amor também.

Que hoje você seja inspirado por esse vídeo a fazer algum gesto de amor por alguém que você gosta muito. E por alguém que você gosta um pouco...

Boa segunda :D

(PS: A música do vídeo tem monopolizado meus fones. O nome é "Change the World" e a cantora é a Jessica Allossery. Tem no Youtube)

Autor: Bruna Vichi, 17 anos - estudante e coreógrafa

veja também