Universidade paulistanas tem cursos vetados pelo MEC mas têm vagas autorizadas para calouros

MEC veta cursos em universidades paulistanas

Atualizado: Segunda-feira, 24 Dezembro de 2012 as 10:34

 

O MEC suspendeu o vestibular em pelo menos 5 universidades paulistanas nesta quarta-feira a partir da publicação no Diário Oficial da lista de cursos.

Segundo o Ministério da Educação, as universidades com cursos mal avaliados deveriam suspender os vestibulares imediatamente a partir da publicação mas as inscrições dos candidatos no processo seletivo continuaram seguindo normalmente em grande parte delas.

Essas universidades concentram 17 dos 24 cursos da capital paulista reprovados (no país todo, foram 200) e, segundo dados do MEC, têm 4.291 vagas autorizadas para calouros. Os 24 cursos mal avaliados somam 5.341 vagas.

Esta foi a primeira vez que a proibição do vestibular foi adotada como medida imediata de punição. Foi também a primeira vez que se fechou um ciclo de avaliação, que duram três anos.

Os cursos que tiveram desempenho insatisfatório por duas vezes, em 2008 e em 2011, no CPC (Conceito Preliminar de Curso), indicador de qualidade de graduações que considera, sobretudo, o Enade, a formação dos professores e a infraestrutura.

O MEC disse que, se comprovado o descumprimento da norma, "vai notificar com urgência as instituições e instaurar processo administrativo".

Verifique o quadro abaixo e saiba quais os cursos que não estão mais válidos nestas universidades.

vestibular

 

com informações de: Folha de São Paulo (UOL)

veja também