Universitários afirmam já estarem prontos para enfrentar o mercado de trabalho

Universidades preparam mais os alunos para o mercado de trabalho

Atualizado: Quinta-feira, 13 Dezembro de 2012 as 1:07

 

Nos dias atuais é cada vez mais complicado ingressar no mercado de trabalho. Agora as empresas exigem mais conhecimento específico na área de atuação e maiores experiências profissionais antes de fazerem a contratação.

Por esse motivo, os estudantes das universidades vêm cada vez mais exigindo de suas instituições de ensino uma preparação para disputa no mercado.

Estudos apontam para uma melhora crescente no desenvolvimento de alunos de universidades paulistas e eles afirmam já se sentirem preparados para enfrentar o mercado de trabalho e começar a estagiar.

Numa pesquisa realizada com mais de 300 estudantes universitários brasileiros, 36% afirmaram que dentro de sua grade curricular já existem inclusas aulas com foco em carreira e em sua área de atuação e 19% já afirmam que já se sentem preparados graças a atividades extracurriculares como palestras, cursos e seminários promovidos pela instituição. Porém, 28% desses jovens acreditam que suas instituições de ensino não os preparam para o ambiente profissional e 17% dizem que seu curso é totalmente voltado para a área acadêmica.

Para o diretor-geral da Trabalhando.com, Caio Infante, os números comprovam a preocupação das instituições brasileiras de ensino em preparar seus alunos para o mercado de trabalho, mas isso, porém, ainda não é suficiente.

“Quando realizamos processos seletivos para estágio ou trainee observamos que muitos candidatos não têm, por exemplo, conhecimento da rotina de um escritório. Mas isso está mudando. Muitas instituições de ensino estão incluindo em sua grade curricular disciplinas que abordam temas relacionados a comportamento, networking, liderança, entre outros, fundamentais para lidar melhor com o ambiente corporativo”, explica ele.

Em um mundo corporativo, os estudantes que ainda não se sentem preparados para enfrentar a rotina de trabalho e querem estar prontos para ingressar no mercado em breve, devem participar de grupos de discussão on-line ou presenciais que tratem de temas, ligados à carreira e aproveitar todas as atividades extracurriculares oferecidas por suas instituições de ensino como, por exemplo: laboratórios e atendimento à comunidade, entre outras.

Outra boa opção é atuar como voluntário em alguma ONG ou órgão público que segundo o executivo é uma ação que além de trazer experiência pessoal incrementara também o currículo. Por último, a dica de Infante é conversar com profissionais que já têm experiência, e assim procurar entender melhor como se comportar no trabalho e além de conhecer um pouco mais sobre essa rotina.

Fazendo isso, o sucesso é garantido!

 

com informações de: Infomoney

veja também