USP organiza 53ª Edição do campeonato de carrinho de rolimã

GP de rolimã reúne oitenta competidores

Atualizado: Terça-feira, 4 Dezembro de 2012 as 3:24

 

Carrinho de rolimã é um brinquedo antigo, de meados dos anos 60 ou 70 - não se sabe ao certo - mas que ainda faz muita gente si divertir e dar boas risadas enquanto rola por ruas asfaltadas.

 

Em meio às muitas batidas, tombos, ultrapassagem e diversão a galera das turmas de Engenharia Mecânica e Mecatrônica da USP (CAM) resolveu organizar  a 53ª Edição do campeonato de carrinhos de rolimã que ocorreu no último dia 10 de novembro, a 700 metros da Rua do Matão, na Cidade Universitária, em São Paulo. O evento, que já é tradição na universidade, leva o nome de ‘GP Poli NSK’ e esse ano contou com participação de 80 competidores.

 

Para participar os competidores devem construir seus próprios carrinhos. No ato da inscrição eles recebem as rodinhas da organização do evento, por uma questão de padronização. No dia do torneio, os participantes têm direito a uma descida de reconhecimento da pista, e depois passam por uma etapa qualificatória, que determinará o grid de largada nas oitavas de final. A partir daí, acontecem etapas qualificatórias, disputadas em duas descidas. Avançam os melhores colocados na soma das duas descidas, sendo 45 para as quartas de final, e, posteriormente, 30 para as semifinais.

 

Na final, apenas 15 competidores, que descem a rua do Matão apenas uma vez - e o mais rápido vence. Entre as principais regras do torneio, vale destacar que os carrinhos não podem ter mais de 30 quilos, nem possuir propulsores. Na largada, não é permitido usar as mãos em contato com o solo para impulsionar o veículo, então os competidores têm que “remar” para sair do lugar.

 

O campeão do GP desse ano foi o ex-aluno da USP e atualmente engenheiro mecânico Thiago Vargas, de 32 anos, que diz ter se apaixonado pelo rolimã na época da faculdade e desde então participa do campeonato. Thiago, que acredita já ter participado de pelo menos 15 edições da corrida, foi tri-campeão da categoria vencendo vários rivais ao longo das baterias do dia. “É muito bom vencer de novo” declarou ele. Com direito a troféu, uma caixa de ferramentas e um banho de champanhe como prêmio da vitória Thiago terminou a comemoração dizendo “O GP é quase igual à F1. Temos troféus, prêmios e festa. Só falta um dinheiro e aquelas modelos lindas”.

campeonato - carrinho - rolima

O campeonato ainda contou com uma categoria só para meninas e um prêmio para melhor alegoria que foi entregue a um carrinho no formato de tubarão que parecia ter saído direto do oceano para o asfalto. “O tubarão é o símbolo da nossa faculdade, e quisemos mostrar o nosso amor por ela trazendo-o até aqui” explicou estudante Vinícius Alves, que faz Engenharia na FAAP.

 

A USP espera trazer para os próximos anos ainda mais competidores e quer estender o projeto para incentivar os alunos dos cursos de Engenharia e Mecânica. Ficou interessado? Então pro ano que vem se programe e comece a treinar e mesmo se não ganhar, pelo menos valeu à pena a diversão!

com informações de: IG

veja também