Vestibular: cinco perguntas que você deve fazer antes de escolher o curso

5 perguntas que você deve fazer antes de escolher o curso

Atualizado: Terça-feira, 28 Agosto de 2012 as 8:41

Para muitos alunos do Ensino Médio 2013 será o começo de uma nova experiência estudantil: a graduação.

Para iniciar nesse novo desafio, o candidato passará pelo ritual do vestibular. Não importa o modelo, tecnólogo ou bacharelado, presencial ou a distância.

Começar a faculdade é um grande desafio, começando pelo vestibular, que é muito competitivo.

A temporada de inscrições para os principais vestibulares do Brasil começa agora em agosto. A USP e UNICAMP iniciam seus processos seletivos que terão as provas realizadas em novembro. Nessa hora, muitos alunos angustiados e ansiosos porque não podem mais adiar a decisão.

O vestibular é um rito de passagem e com toda a carga emocional de um rito, requer muito preparo e dedicação. Nas universidades públicas onde a concorrência assusta, o preparo emocional para realização dessa etapa, conta muito.

Quais etapas são importantes na construção dessa decisão? Indico alguns fatores essenciais para esse momento de reflexão:

1. Como foi escolher a carreira? Fácil ou Difícil?

2. A família teve influência nessa decisão? E os amigos? O que pensam a respeito dessa escolha? (As pessoas que estão ao nosso redor nos conhecem muito melhor e podem ser fontes de ideias)

3. O curso escolhido tem relação com suas habilidades, limitações e motivações?

4. Retorno Financeiro: Você conhece o tempo necessário de investimento no curso e início da carreira?

5. Já estabeleceu um cronograma de estudos e um calendário das provas que irá participar?

Ao pensar nessas questões, fica mais claro avaliar o processo como um todo.

Esse ritual do vestibular é motivado pela cultura brasileira e delega ao jovem estudante, o poder da escolha. É essa uma escolha que o colocará no mundo adulto e envolve responsabilidade e independência.

Nesse processo, de escolha profissional, o amadurecimento de cada um interfere diretamente nessa escolha, além da influência da família e amigos. Contar com o apoio da família nesse momento é essencial. Isso trará mais segurança e tranquilidade para enfrentar esses processos de avaliação e escolha.

Para o Dr. Lair Ribeiro, "paciência e perseverança são as qualidades que distiguem os profissionais dos amadores".

Pense nisso! E boas escolhas.


por Letícia Bechara - pedagoga e coordenadora de relacionamento da Trevisan Escola de Negócios 

veja também