Viagem de formatura para o exterior é opção acessível

Viagem de formatura para o exterior é opção acessível

Atualizado: Terça-feira, 2 Agosto de 2011 as 8:24

 O meio do ano chegou e é agora que as empresas especializadas em formaturas começam a assediar os alunos de segundo ano que se formam em 2012. Com opções vastas, é fácil se sentir confuso na hora da escolha e acabar optando pelo que já fez a maioria. Destinos como Porto Seguro, Florianópolis e Fortaleza são sempre Best Sellers , mas, por que não aproveitar o dólar baixo para conhecer um país novo? O preço pode ser mais em conta do que parece.

Opções não faltam. Os destinos internacionais mais procurados são Bariloche e Cancún, mas também é possível juntar um grupo de amigos para fazer um mochilão pelos Estados Unidos ou Europa. “A primeira coisa é decidir se vai em grupo (de ao menos 11 pessoas) ou individualmente”, diz Samuel Lloyd, gerente de marketing da STB. Segundo Lloyd, uma vez decidido este ponto já pode começar a acertar os detalhes e pagamentos: o quanto antes melhor.

Uma viagem para Porto Seguro, na Bahia, pode chegar a custar algo em torno de R$ 3 mil, dependendo da data e hotel escolhidos. Por apenas R$ 1 mil a mais que isso, já é possível passar uma semana na neve de Bariloche, Argentina. Por R$ 4,8 mil, em média, Cancun, no México, já passa a ser opção.

  Para quem se animou em fechar um grupo por conta própria e ir à Europa, o preço é um pouco mais salgado, algo em torno de R$ 9,5 mil, dependendo é fechado o pacote. Por isso é bom se programar. “O tempo mínimo de antecedência é seis meses, mas o ideal é começar a planejar com um ano e meio de antecedência para conseguir as melhores tarifas em passagens”, explica Lloyd.

Aventuras na neve   Em 2006, o então aluno do segundo ano Raphael Rossi, 21, começou a planejar a viagem que faria com os amigos do colégio Magno. “Queríamos muito ver neve, esquiar, fazer uma coisa diferente. Porto Seguro parecia muito comum”, conta. A escolha pela Argentina pareceu quase óbvia, uma vez que axé também não estava na preferência musical do grupo.  

O grupo escolheu um programa com a College Tur e partiu para Bariloche na primeira semana de julho. “Passávamos a manhã esquiando ou fazendo snowboard, à tarde tomávamos um chocolate quente, comíamos um fundue no centro e a noite íamos às baladas”, descreve o, hoje, estudante de medicina.

E como era a vida noturna? “As baladas de lá são as melhores que já fui na minha vida”, garante antes de acrescentar: “alguns lugares tinham sete andares, raios lazer que pareciam dançar junto com a gente e os DJs eram muito animados”. A trilha sonora também foi aprovada. “Tocava muito reggaeton, mas com uma pegada eletrônica”. Por isso, Raphael faz questão de dar a dica para quem pensa em se embrenhar por essas bandas: “não perca nenhuma balada!”.

De pernas para o ar em Cancún   Mergulhos e passeios de quadricículos são muito mais legais se seguidos por uma boa sombrinha e água fresca em cenário de cinema, não? Ivan Ismania, 17, formando do Colégio Bandeirantes, em São Paulo, acha que sim. “Cancún é uma cidade só de turista, só de gente bonita e é tudo muito lindo, muito paradisíaco!”. Ivan ganhou um concurso pela Trip & Fun, e esteve por lá em julho deste ano.

A estudante Layla Nasser, de 16 anos, também esteve na cidade mexicana em julho deste ano pela Forma Turismo, mas como não ganhou nenhuma promoção para ir para lá, teve que passar por um processo de convencimento antes. “Começamos a planejar um ano antes para convencer nossos pais a deixar a gente viajar para fora e tudo o mais”, conta.

Segundo Layla, a opção de viajar para o exterior não foi a primeira, mas acabou sendo a escolhida. “Nós pensamos em ir para Porto Seguro, mas resolvemos aproveitar a oportunidade única de viajar com a turma para fora do Brasil”.

Se você se animou e já quer começar a separar as bermudas e snorkels, Ivan tem apenas uma ressalva: não espere muito do ponto de vista gastronômico. “Só não gostei muito da comida mexicana. Muito tempero!”, brinca.

Quem leva   Existem diversas empresas especializadas em viagens de formatura. Forma Turismo, Trip & Fun e College Turismo são algumas das que oferecem pacotes para Bariloche, Cancún e Disney. Já com a agência de intercâmbios STB, é possível fechar um grupo, de ao menos 11 pessoas, e escolher qualquer destino. Para cada dez pessoas, um monitor especializado acompanha os estudantes. Os preços variam bastante, dependendo do lugar escolhido, época da viagem e antecedência com que foram compradas as passagens aéreas.

Os pacotes para Bariloche incluem passagens aéreas, refeições, baladas, passeios diurnos, aluguel de roupas para neve e ingressos para a estação de esqui. O preço gira em torno de R$ 4 mil por uma semana.

Em Cancun, a ideia é basicamente a mesma: aventura de dia, e baladas de noite. A principal diferença é bem básica: um é um destino de inverno, neve, o outro, de verão, com sol e praia. Os pacotes incluem passagens aéreas, refeições, mergulhos e passeios às ilhas. As baladas, no entanto, costumam ser pagas à parte. Uma semana sai algo entre R$ 4,5 mil e R$ 5 mil.    

veja também