Você confia em mim? - O final

Você confia em mim? - O final

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 8:34

Confiar que o mundo seria destruído por águas e que nós estaríamos a salvo. Confiar que teríamos de sacrificar nosso filho e que Deus teria um plano. Confiar que seríamos vendidos por nossos irmãos e que seríamos honrados.

Confiar que rodaríamos uma cidade inteira e ela seria destruída por nosso barulho.

Confiar que nos jogaríam em uma fornalha e sairíamos ilesos.

Confiar que mesmo que o vinho acabasse, o milagre aconteceria.

Confiar que seríamos curados, libertos e perdoados no tempo certo.

Confiar que um dia estaremos diante dele no céu.

Que difícil confiar!

No mundo em que vivemos, no sistema político vigente, na pressão psicológia e estridente da mídia, na influência do mundo globalizado, uma das palavras que perde aos poucos o seu significado é a confiança. Confiar em Jesus é difícil. Talvez você não tenha percebido até agora, mas, nós temos dificuldades em confiar nas pessoas ao nosso redor e infelizmente isso influencia nosso comportamento diante dele.

As crianças confiam em seus "amigos" na internet e pouco depois são abusadas. Os abusos acontecem dentro de casa, com pessoas da mesma família. Os pais matam os filhos e os filhos matam os pais. A busca pelo dinheiro está em alta. A escola não se impõe contra o bullying. A internet dá autonomia para as críticas inefáveis. Para onde correr? Em quem confiar?

Ontem eu assisti um documentário no canal GNT, sobre o maior caso de bullying nos EUA, que resultou em prisão dos envolvidos e morte de Phoebe Prince, uma linda menina de 15 anos. Meu coração partiu quando vi suas fotos e a medida que os jornalistas locais narravam os fatos, sentia extrema compaixão da garota. Ela passou por meses de humilhação, agressão e ameaças, e a única solução que encontrou, foi o suicídio. Ela não teve a oportunidade de conhecer a Deus e principalmente de confiar nele.

Nós precisamos confiar, precisamos crer no que ele faz em nosso dia-a-dia. Ele nos livra de acontecimentos ruins, ele cuida de nós e dos nossos enquanto dormimos, ele atende nossas orações secretas, ele nos garante que o mal não pode nos tocar e que ainda que estejamos no vale da sobra da morte, não devemos temer porque ele está conosco. Ele cuida até dos detalhes, providenciando algo que tenha faltado em nossa festa, só para que fiquemos felizes.

A confiança está em falta. Será que você consegue hoje se jogar para trás, como Lisa*? Será que consegue crer que o que ele começou é fiel pra completar? Que em breve você verá sua família livre de vícios e tradições? Que o emprego e a faculdade que você sonha está chegando? Que seu ministério é pra atingir e abençoar pessoas do mundo inteiro?

Jesus é confiável. E diante de todos os problemas do mundo moderno, ele nos convida a viver completamente acima do que os noticiários nos mostram todos os dias. Caminhar de olhos fechados, sorriso no rosto e surpresas incríveis. A única coisa que ele nos pergunta é: você confia em mim?

*Lisa, para quem não sabe, é a personagem do texto "Você confia em mim?" que escrevi semana passada. ( clique aqui para ler o primeiro texto )

Por: Bruna Vichi

veja também