Você não está casado, mas está reservado

Você não está casado, mas está reservado

Atualizado: Segunda-feira, 1 Agosto de 2011 as 2:20

Existem pessoas que estão ocupadas, são casadas. Mas o jovem que não é casado está reservado, há alguém que Deus reservou para ele. Esta é mais uma diferença gritante entre a Corte e o Namoro.

Suponhamos que um jovem esteja apaixonado por uma moça e deseje muito agradá-la. E ele decide fazer isso pegando algumas jóias de outra moça, sem que esta veja. E com essas jóias roubadas ele presenteia a sua namorada. Há algo de errado nosso, as jóias não são dele.

Mas o rapaz diz irresponsavelmente: Eu te amo. Acontece que isso também é roubo. O problema é que o rapaz está querendo abençoar a moça com um sentimento que ele não sabe a quem pertence. Nós não podemos pegar algo que não é nosso e dar para alguém. Com essa postura roubamos Aquele que é dono de tudo. Se eu dou a minha carteira para alguém, tudo bem, porque ela é minha. Caso contrário, o que faço é roubo. Você também tem um dono, O seu dono é o Senhor Jesus. Mas de quem é o seu coração?

A Bíblia nos ensina que todos nós pertencemos a alguém, além do Senhor e de nossos pais. Em 1 Coríntios 7:4, o apostolo Paulo diz:

A mulher não tem poder sobre seu próprio corpo, e, sim, o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sem, a mulher.

Percebem? Segundo a Palavra, além de ser de Deus, o homem pertence à sua esposa e a esposa pertence ao seu marido. Todavia, Deus certamente conhece quem é o seu cônjuge. Na verdade, embora não o conheça, cada jovem já o tem, já pertence a ele. Falta apenas a "escritura". Então, todas as vezes que damos nossos corpos, corações ou sentimentos para alguém que não os nossos cônjuges, estaremos roubando nossos futuros cônjuges. Seu coração e o seu corpo não são desocupados, eles pertencem ao seu cônjuge. Se, no passado, eu dei meu corpo e o meu coração a uma pessoa, eu roubei a minha esposa. É como no caso das jóias que o rapaz pegou de outra pessoas para abençoar sua namorada em nome do amor. Ele não tinha o direito de dar para outra pessoa o que não lhe pertencia. Ele roubou a dona das jóias.

Quando jovem dá o seu corpo ou o seu coração para uma pessoa, ele rouba o seu cônjuge, que é o seu verdadeiro dono, E quem rouba, mais cedo ou mais tarde, será punido.

EXEMPLO DAS CADEIRAS

Qual é, então, a diferença entre uma pessoa solteira e uma casada? Sabemos que aos olhos de Deus, ambas pertencem a alguém. Pensem comigo. Elas são como duas cadeiras. Enquanto eu não havia me casado, esta cadeira, que sou eu, estava reservada para a Marilia, que é minha esposa. A cadeira sou eu e a Marilia, que é minha esposa, é a dona. Deus sempre soube disso. Então, antes de eu me casar com a Marilia eu estava disponível? É claro que não. Estar disponível é estar para qualquer um. Eu estava reservado para ela e agora que eu me casei, estou ocupado por ela, compreendem?

A diferença entre ser casado e estar solteiro é que o casado já está ocupado e o solteiro está reservado, ou seja, não esta disponível. Todavia, muitos jovens, que não são radicais em Deus, não tiveram revelação ainda desse princípio. E, em vez de se verem reservados para o seu cônjuge, se sentem disponíveis.

Sabe o que acontece com eles? Um monte de pessoas com calças sujas e sem modos começa a se sentar nessas cadeiras, ocupando-as de maneira indevida. Alguns ocupam por três meses; outros por um ano.

Quando cada um de nós nasceu, Deus carimbou em cada um a marca RESERVADO. E Ele fez o mesmo com quem será o seu cônjuge. Muitos, por desconhecerem a Palavra de Deus, deixaram que pessoas as usassem ao se envolverem no Namoro mundano, com sexo na hora errada e tudo mais.

Semana que vem continua a segunda parte!

Por Naor Pedroza

Via: Eu escolhi esperar

veja também