1º de abril - Dia da Mentira?

1º de abril - Dia da Mentira?

Atualizado: Sexta-feira, 1 Abril de 2011 as 2:52

Efésios 4:25 "Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros."

Origem do Dia da Mentira

Conta-se que a lembrança da data começou quando a França resolveu usar o calendário gregoriano e mudou a comemoração do Ano Novo, que costumava ser uma festa que durava uma semana, entre 25 de março e 1º de abril (começo da primavera na Europa).

Só que, de acordo com o calendário estipulado, a comemoração deveria acontecer no dia 1º de janeiro a partir do ano de 1564. Esta decisão foi tomada pelo rei Carlos IX, da França, e depois foi seguida por outros países da Europa.

Alguns franceses ficaram tão revoltados com a mudança de data que continuaram comemorando a virada do ano em abril. Para tirar sarro com a cara dessas pessoas (puro deboche), outros franceses mandavam-lhes presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Desde então esta data ficou conhecida como o Dia da Mentira. Duzentos anos depois esse costume se espalhou para a Inglaterra e depois para todo o mundo.

REVISTA GALILEU DE 2005 – Psicólogos fizeram uma pesquisa sobre a tendência que as pessoas têm para o erro. Constataram que as pessoas facilmente rejeitam atitudes moralmente condenáveis e as que são punidas com multas ou prisão. Mas constaram que a maioria das pessoas fazem coisas que são erradas, mas não são tão graves e que não são punidas severamente. Ex. Exagerar no currículo ou ficar com o troco errado. Eles fizeram uma lista com as 40 infrações mais comuns e das 40 10 estão relacionadas a MENTIRA. As pessoas condenam os políticos que roubam milhões mas não vêem como problema ou falta ficar com 5 reais a mais de troco.

O diabo é o pai da mentira.  João 8:44  

O diabo distorce a Bíblia – a Palavra de Deus –para  justificar ou autenticar suas mentiras. Podemos usar como exemplo o que ele fez na Tentação de Cristo quando usou textos bíblico para tentar manipular as decisões de Jesus. Temos também o caso registrado no livo de Atos (16:17) no qual Paulo e Silas estavam sendo elogiados por uma menina possessa de um espírito maligno que queria autenticar suas muitas mentiras falando uma verdade.

Desde o início dos tempos ele se utilizou da mentira para desviar o ser humano dos planos de Deus. No livro do Gênesis Deus disse: certamente morrerás e o diabo disse: certamente não morrerás.

A influenciada mentira tem causado estragos na sociedade e em todos os níveis do relacionamento humano. Uma das manifestações mais destrutivas da mentira é a CALUNIA E DIFAMAÇÃO.

O Dicionário Aurélio define DIFAMAÇÃO  como: Tirar a boa fama ou o crédito a; caluniar.

Caluniar e difamar é uma característica das pessoas da nossa era - 2Tm 3.1-5, Ex 23.1,7;Pv 19.9

Conhecedores da gravidade desta situação, é necessário que o Servo do Senhor se aparte de toda forma de Calúnia e que procure viver em santidade.

Além dessa forma de mentira que eu citei por considerar a que mais prejudica os relacionamentos, devemos extirpar de nosso viver toda e qualquer mentira.

"Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros. Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo..." Ef. 4:25 e 4:15.

O texto acima diz sobre deixar a mentira e "seguir a verdade".

Falar que é preciso abandonar a mentira nesse contexto, nos indica que Paulo sabia que havia muitos crentes vivendo uma mentira. E se não viviam uma mentira como crentes, eles talvez achassem normal usar de mentiras para se livrar de situações embaraçosas.

Uma pessoa que quer ter a sua mente renovada em Cristo precisa vencer a mentira com a verdade, mesmo que isso cause algum desconforto ou constrangimento.

Para que alcancemos este nível de maturidade, o de sempre ter uma palavra sadia, agradável, equilibrada, precisamos de dois fatores:

Auxílio Divino

"Põe  guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios" (Sl 141.3)

Esfoço Humano

"Habite ricamente em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos e hinos e cânticos espirituais, com gratidão, em vossos corações. E tudo que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus." (Cl 3.16,17)

Que a Verdade esteja sempre transbordando dos nossos lábios.

Por Pr. Alexandre Neri de Oliveira

veja também