A minha força vem de Deus

A minha força vem de Deus

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

Na tribo de Dã nasceu Sansão, cujo nome significa "Radioso, pequeno sol", escolhido por Deus para libertar Israel. Tornou-se um dos maiores juízes de Israel.

Nazireu, e assim como nos conta números 6, 1-7, três coisas eram proibidas a um nazireu:

- Comer ou beber qualquer produto derivado de uvas

- Cortar os cabelos

- Tocar em cadáveres

Cada uma dessas proibições tinha um propósito e simbolizavam a separação para Deus.

Sansão é um dos personagens mais famosos e admirados da Bíblia por sua extrema força, referencia para muitos jovens ainda nos dias de hoje, certamente você conhece detalhes da vida dele, mas hoje vamos conversar um pouco sobre o outro lado do herói Sansão.

_ Na Palavra de Deus o vinho simboliza a alegria e o prazer, sendo assim um nazireu renunciava a todo prazer carnal a fim de consagrar-se para o Senhor...

_O cabelo de um nazireu era o símbolo de seu chamado, era um sinal de consagração, os cabelos compridos de Sansão expressavam sua submissão e obediência...

_ Ser nazireu era mais que não se submeter ao pecado ou a carne, era rejeitar tudo que estava impregnado de morte, por isso o "não tocar em cadáveres"...

... Não era errado passear pela plantação de uvas (Juízes 14.5), embora Sansão soubesse que não podia comê-las, fez do parreiral seu local de caminhada, até que ali encontrou um leão.

- Muitos hoje apesar de não poderem comer das uvas, gostam do cheiro delas, não gostam do pecado, mas compactuam com ele, fazendo vistas grossas, e tendo relações “amigáveis” com ele. E eis que o leão aparece e aí mora o problema me entende?

... Dentro do cadáver havia um enxame de abelhas com mel (Juízes 14.8), armadilha perfeita para um nazireu que não podia tocar em coisas mortas.

- O pecado se enche de mel, doce e puro, mas quando nos aprofundamos nele, é como se o cheiro da morte exalasse forte, precisamos tomar cuidado com os cadáveres cobertos com mel, ok?

...Conheçam Dalila... Moça bonita, porém amiga dos inimigos (Juízes 16.4), seu nome significa “Delicada”, tinha como missão: Seduzir e descobrir o segredo da força de Sansão. Ele que já havia se mostrado forte perante as uvas e astuto diante do cadáver com mel. Desta vez caiu. Dalila descobriu o segredo e entregou Sansão aos filisteus, que o prenderam e lhe furaram os olhos, obrigando-o ainda a rodar um moinho (Juízes 16.19-2).

- Este é o fim da brincadeira com o pecado... cegueira, e caminhada em círculos! O pecado se mostra belo e delicado, o inimigo usa às vezes algo pouco agressivo para nos afetar, mas que nos faz perder a força, ele quer que pensemos, 'sou forte, eu resisto', mas jamais resistiremos se não estivermos com uma base forte em Deus.

...Sansão era um homem que marcava presença, porém achava que sua força o livraria do fracasso espiritual, tinha potencial de 2 quilômetros, mas 2 centímetros de vida com Deus. Ele precisava saltar o abismo que o separava de Deus, o abismo entre o que sabia e o que praticava, a crise de Sansão é a nossa também... A crise da Obediência, onde a questão não é o que você sabe, mas o quanto pratica o que sabe.

... O cabelo de Sansão também voltou a crescer, porém não instantaneamente, a restauração

espiritual não é instantânea, mas paulatina... Deus não desistiu de Sansão : deu-lhe uma segunda chance. Ore se errou busque a sua segunda chance!

"Nenhum sucesso vai compensar nosso fracasso espiritual"

A paz de Cristo queridões e queridonas...

Por: ThiagoMacedo

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições