A pior canção do mundo

A pior canção do mundo

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 7:50

É sexta-feira, sexta-feira, sexta-feira é sexta-feira, todo mundo celebra o fim de semana, festa, festa, festa, diversão, diversão, diversão, viva o fim de semana. É mais ou menos isso que você acabou de ler o coro da pior canção do mundo.

E é pior não porque eu acho. É pior porque assim foi rotulada e assim ficou conhecida. Humoristas americanos, após ouvir, afirmaram: Nem todo mundo foi feito para escrever canções. Um blog de música do portal Yahoo a considerou uma música atroz que faz explodir o cérebro. Já para a revista Time, o vídeo da música é horrível a ponto de ser divertido. Para piorar o que já é pior, o vídeo da música Friday já recebeu 30 milhões de visitas no YouTube e está faturando muito no iTunes.

Quem canta a música é Rebecca Black, uma adolescente californiana com 13 anos. No começo, as críticas abalaram a garota, agora, devido ao sucesso, ela já acredita que é uma boa cantora e sonha cantar com o ídolo Justin Bieber. Coincidência ou não, Bieber é outro que também ganhou fama através do YouTube.

E daí? Perguntamos. Daí que esta música só reforça a pobreza das escolhas atuais que faz nossa geração. A música é conhecida como a pior do mundo, com letra pobre, arranjo pobre e interpretação pobre e, mesmo assim, faz sucesso estrondoso na net, produzindo acessos e faturamentos estratosféricos. É a cultura do fútil sendo útil para poucos. Isso mesmo, poucos. Ou seja, as pessoas que estão faturando com tudo isso.

Fico pensando como deve ser um almoço de negócios entre os barões do entretenimento. A conversa deve ser mais ou menos assim: Que baixaria foi aquela ontem no BBB? Fazia parte da pauta. Da pauta? É, para manter o programa em alta precisamos de pelo menos duas idiotices por dia. Entendo... bem, não é diferente das músicas que eu cuido, a última é aquela da Rebecca Black. Sei, aquela conhecida como a pior canção do mundo. Isso mesmo! Feia a música, não? Feia não, horrorosa, mas faz parte da pauta. E vocês, quietinhos aí no canto da mesa, que bizarrice foi aquela no programa de auditório? Faz parte da pauta... Tá bom, pauta. Mas quem faz a pauta? O público, a gente não entende, mas a audiência atual ama uma sacanagem, uma fofoca, uma tranqueira, um lixo...

É lamentável, mas continuaremos vendo a degradação de valores em nossa sociedade, que nos últimos anos abraçou o infernal slogan que não engana e descaradamente a tudo detona: Quanto pior, melhor.

Cuidado, consumir a pior canção, o pior filme, o pior programa, a pior relação, o pior hábito, o pior caráter, acaba por nos colocar nas piores situações. A fé pura e verdadeira sempre nos inspirará a crer que o melhor de Deus ainda está por vir. Mais que uma frase de efeito é uma frase de fé. O melhor de Deus virá porque já veio uma vez, Jesus. Em sua primeira vinda aniquilou tudo que havia de pior na cruz. Ele virá outra vez. Dedique sua vida para o melhor, dedique para louvar a Deus, ainda dá tempo.

Paz!

Pr. Edmilson Mendes

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: "Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".

veja também