Ah, se arrependimento matasse...

Ah, se arrependimento matasse...

Atualizado: Quinta-feira, 11 Agosto de 2011 as 10:45

E ae galera, tudo bem com vocês? Hoje vamos direto ao assunto... "Ah, se arrependimento matasse... eu já estaria morto(a)!" Essa é uma frase bastante conhecida e utilizada, não é mesmo gente? Vivemos um tempo de constante arrependimento, e ao mesmo tempo em que isso é ruim, também é muito bom. Meio complicado, né? (rs) Mas eu vou explicar a vocês o pró e o contra disso.

Creio que o sentimento de arrependimento seja um dos piores da face da terra, é horrível você se sentir mal por alguma atitude ou até alguma palavra dita em momento importuno não é mesmo? É como se a sua consciência pesasse umas 500 toneladas a mais, e enquanto você não se conserta esse peso não sai de cima de você, pelo contrário, ele só aumenta. E esse é o ponto bom do arrependimento. Você ter a sabedoria de reconhecer o seu erro e procurar se redimir diante de tal.

A palavra do Senhor diz o seguinte: "Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento." (Lucas 15:7)

"Eu não vim chamar justos, mas pecadores ao arrependimento". (Lucas 5:32)

Ou seja galera, o Senhor quer ver realmente o nosso arrependimento, pois como eu já disse aqui outra vez, nós pecamos TODOS OS DIAS. E ELE mais do que ninguém sabe o quanto somos falhos. Porém o maior problema está em nós mesmos, quando criamos uma "barreira pós-pecado". E isso também acontece comigo, é quando nós temos tanta vergonha do que fizemos que começamos a não ter coragem de falar com o nosso Deus.

É como se nós não quiséssemos que Ele visse tal erro, pois seria como um pai decepcionado. E se deixarmos o tempo passar, essa "barreira" só tende a crescer, e a nossa vida espiritual regredir, porque começamos a nos sentir indignos até mesmo de sermos chamados filhos de Deus. Assim, acabando por nos esquecer de que Ele já viu exatamente TUDO o que fizemos e só está esperando o nosso arrependimento e a nossa atitude de chegar a Ele pedindo perdão e auxílio.

 "Ó Deus, o meu sacrifício é um espírito humilde; tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido." (Salmos 51:17)

Queridos, DEUS NÃO REJEITA UM CORAÇÃO ARREPENDIDO. Então não deixe essa "barreira pós-pecado", criada por você mesmo, atrapalhar o seu relacionamento com o Senhor. Ele está à sua espera, de braços abertos.

Que Deus os abençoe grandiosamente!

Por: Beatriz Moser

veja também