Alegria verdadeira ou fantasia?

Alegria verdadeira ou fantasia?

Atualizado: Quarta-feira, 14 Dezembro de 2011 as 1:04

Todos buscam um estado permanente de alegria, o problema é que nem sempre acertam a maneira ou a fonte. Por outro lado, para muitos, a alegria é apenas um êxtase, um momento de explosão emocional, uma gargalhada. Mas alegria é muito mais do que isso.

Alegria verdadeira é um estado espiritual permanente e interior. Suas manifestações são atitudes de bondade, de bem estar, de equilíbrio. O sorriso nem sempre é expressão de alegria, mas a alegria manifesta-se também em sorriso. A alegria é resultado: De um encontro pessoal com Jesus Cristo – João 15.11, de uma comunhão com o Espírito Santo – Gálatas 5.22, de uma permanência na vontade do Senhor – João 15.4.

Descrevendo o texto de João 15.11 'Digo estas coisas a vocês para que a minha alegria esteja em vocês e para que a alegria de vocês seja completa' – Versão Fácil de Ler.

Primeira verdade: A alegria verdadeira é encontrada exclusivamente na pessoa de Cristo. Foi Ele que venceu todos os empecilhos da alegria. Toda dor, melancolia, força do pecado, algema do maligno foram derrotadas na cruz quando se ouviu “Está consumado” – João 19.30. Desceu ao fundo do poço para poder retirar daí, qualquer pessoa, da pior situação e transportar às alturas espirituais. Sentiu as misérias humanas para que pudesse enriquecer espiritualmente a todos que O aceitar. Foi banhado de sangue para que fôssemos banhados da Sua graça, do Seu amor e da Sua bondade. Sentiu tristeza, agonia mortal para que fôssemos alegres. Na cruz derrotou o pecado e a morte, na ressurreição conquistou a alegria, a vida.

Segunda verdade: O desejo de Cristo é que esta alegria seja completa. O Divino desejo é que vivamos em plenitude, não pela metade. Que a nossa vida, qual vaso, seja cheio, a ponto de derramar. Muitos estão a nossa volta, podem e devem ser contagiados por essa alegria.

Deus é um ser alegre, cuja alegria é força propulsora de vida. Esdras vivendo esta alegria afirmou 'A alegria do Senhoré nossa força' – Neemias 8.10.

Aproveite a vida. Deixe de viver 'o faz de conta'. Retire as máscaras e as fantasias do coração. Desnude-se de seus pecados.  Saia do bloco da tristeza e caia no da alegria. Embriague-se da graça de Deus. Extravase-se no Espírito Santo. Desfile na avenida da vontade Divina. Marque sua fronte com a eterna misericórdia. Integre a bateria que louvará, na apoteose da glória, alegremente e para sempre, “Jesus é o Senhor”.

Pastor Elias Alves Ferreira

veja também