Com que marcas eu vou?

Com que marcas eu vou?

Atualizado: Quarta-feira, 19 Outubro de 2011 as 12:31

Costumo sempre dizer que tudo o que fazemos, seja bom ou ruim, nos deixam marcas. Normalmente, a mente humana tem uma facilidade muito grande em memorizar as marcas que vem do lado ruim da coisa, não é mesmo? Aliás, é bom lembrar, que as marcas podem ser tanto físicas, psicológicas, mas também espirituais. E essa última é a mais usada pelo inferno para tentar nos derrubar.

Em um comercial de televisão, o lutador de vale-tudo “Minotauro” (sei lá se esse é o nome dele mesmo... rsss...), diz que foi atropelado quando era pequeno por um caminhão. Ele conta que muitos falavam que ele não iria mais andar. Porém, com o passar do tempo, essa situação foi vencida. Um detalhe que me chamou atenção na fala dele é que por conta desse atropelamento, ele ainda leva em seu corpo marcas de tal tragédia. Percebeu uma particularidade? Toda situação deixa marcas!

Sou prova disso também. Como toda criança, sempre fui muito bagunceiro (rss..). Sempre gostei muito de andar de bicicleta como um louco pela rua. E em uma dessas loucuras, eu cai de “cara” no chão, ou melhor, com o nariz no chão... rssss... foi lindo o tombo, gente!!! Mas, pra ‘variá’, até hoje tenho uma cicatriz lindinha no nariz e outra na canela. Ou seja, passaram-se anos, mas as marcas ainda estão em mim.

Com o pecado é a mesma situação. Não temos como “fugir” dessas marcas. Eles estão fixadas em nós, mas querer viver à partir delas é que é o problema.

Quando Jesus morreu por nós na cruz, quando ele se entregou por mim e por você, o seu sacrifício limpou de nós toda a marca que o pecado tinha forjado em nós.

Vamos fazer uma analogia:

Você já viu em filme ou na vida real mesmo o que um fazendeiro faz quando ele compra gados novos? Ele manda marcá-los à fogo, para que se registre na pele do gado a quem ele pertence. Antes éramos marcados por flechas e armas do pecado, mas hoje somos livres e libertos de toda e qualquer aflição do pecado. Tudo aquilo que o pecado tinha marcado em nossa alma, Jesus cobriu e nos deu uma nova vida nEle.

 O triste é perceber que existem pessoas que preferem viver a sua vida sendo marcado continuamente pelo mundo. Meu querido, pecadores todos nós somos. Isso é Fato! Porém, escolher ou não viver em uma vida de pecado e perdição é uma escolha particular. Jesus não é sem educação para entrar no seu coração sem ser convidado. Ele quer um convite. Ele quer que você receba-o na porta. Mesmo que sua “casa” esteja toda desarrumada, Ele quer entrar e cear contigo.

As marcas do pecado não são nada diante do Todo Poderoso;

do Verbo que habita entre nós.

Jesus... nome acima de todos os nomes.

Nome no qual outro maior não há!

Minha oração é que Deus nos ensine a viver uma vida segunda seus planos e propósitos.

É chegada a hora da nossa geração se levantar e querer levar apenas a marca de Cristo forjada em seu coração. Chega de mágoas, chega de dúvidas, chega de tristezas... para que viver uma vida com essas marcas se Jesus tem algo muito melhor a nos oferecer? Lute e Conquiste a vida que Jesus conquistou para nós!

Faça a sua escolha: ser marcado pelo mundo, ou por Cristo?

Eu já fiz a minha escolha!!!!

Sou de Jesus e não abro mão disso!!!

Por Wosney Souza

veja também