Como anda sua memória?

Como anda sua memória?

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 10:59

As lembranças constituem a nossa história ficam registradas na nossa memória. Provavelmente, a mais distante, são as da nossa infância. A primeira professora, nossos pais nos levando e deixando lá sozinhos.

Qual é a sua memória mais antiga?

As memórias são importantes. Há coisas que nos marcam e que podemos nos lembrar como se fosse ontem.

As lembranças nos influenciam muito ou pouco, pois são marcas que ficam. Geralmente, você se recorda de alguma coisa é porque aquilo foi realmente marcante e te trás uma recordação boa. Mas, o que nos marca muito mais é quando algo ruim aconteceu e insiste em ficar na nossa memória. Ficamos lembrando a todo o momento. São só acusações. Espiritualmente, também é assim.

Muitas vezes você está sendo acompanhado por um líder ou Pastor que ora por você, te dá conselhos, zela pela sua vida, mas em algum determinado momento, essa pessoa não pode lhe dar a devida atenção ou passou e não te cumprimentou. Isso já causa um pensamento em você de que a pessoa não está nem aí com seu problema.

Com Deus nós somos assim. Mudamos com facilidade de opinião. Se Ele tem te abençoado e você ora e Ele te responde, você fica grato. Contudo, se Ele age conforme a Sua divina vontade, esquecemos-nos com facilidade dos livramentos que temos todos os dias. E se Deus age no tempo certo e quando um pedido de oração tarda em se realizar, já acusa Deus de não estar do nosso lado.

Como podemos nos esquecer das coisas boas que Deus nos deu e só nos lembrarmos das coisas ruins que acontecem na nossa vida?

Em Êxodo 13:3-16, Moisés exorta o povo quanto as lembranças. Os judeus, até hoje, usam filactérios, para lembrar das leis. Levaram isso tão à sério, que andam com essas caixinhas na testa.

Lembrar dos livramentos é como mandamento.

Guarde e deixe fresco sempre na memória, porque quando as coisas ruins acontecerem, basta começar a se lembrar, para que isso comece a edificar a sua fé.

O povo na época de Moisés, foi o que mais sofreu. Foram as 10 pragas, saíram do Egito para o deserto de 40º graus, mas Deus cuidava deles, de dia os levava debaixo de uma nuvem que os guiava e de noite, uma coluna de fogo os guardava e os aquecia. Deparam com o mar vermelho, mas Deus tem cuidado com o povo que vinha sendo perseguido, e abre o mar para que o povo passasse a pés secos e os livrando das mãos do inimigo. Foi Deus intervindo e mudando o curso natural das coisas. Mas, o povo três dias depois, já se esquecia do milagre e acusavam Deus passar sede no deserto.

Você tem se lembrado dos livramentos que Deus te deu? Eles estão vivos na sua memória? Quantos milagres vc já tiveram? Será que você se lembra de cada um?

Se acharmos que Deus não operou nenhum milagre nas nossas vidas, basta parar para lembrar de onde Ele nos tirou! Você se lembra o livramento que Ele te deu, que você nem sabe?

Quantas vezes você pensou em desistir? Achou que não valia a pena percorrer o caminho com Deus. Deus responde as nossas orações.

Temos muitas lutas, mas quando vem o desânimo, Deus nos exorta a voltarmos e nos lembrarmos de onde Ele começou o nosso livramento. É isso que nos dá força.

Não dá para ignorar, desprezar, trair depois de tudo o que Deus nos deu.

Há lutas que são maiores do que nós e nos assustamos. São gigantes que não pensamos muitas vezes em nem enfrentar.

As coisas parecem que fogem do controle.

Davi passou duas vezes por dificuldades. Primeiro, enfrentou um urso e um leão. Deus deu a vitória e o gigante foi só mais um na sua lista. Ele se lembrou e se apropriou para que isso o fortificasse.

O que Deus te fez ontem serve para vencer as batalhas e nos fortificarmos a cada dia a nossa fé.

Neemias, na reconstrução dos muros, provou do que era uma vontade generalizada para desistir, mas não deixou se abater e se dispôs e a obra foi concluída (Ne 4: 14)

Moisés também passou por batalhas e o povo estava com medo, mas ele não desistiu e encorajou o povo. Na vida estaremos ao ponto de não vermos chance de vitória e como o quadro pode ser revertido.

Há algo que Deus quer realizar. Pessoas que precisam de milagre, vão ver isso acontecer. Profetize e mude de atitude. Erga os olhos e olhe para Ele, assim terá uma visão clara de que: "se Deus é por nós, que será contra nós?"

Basta acreditar, confiar e receber do céu a força que Deus está nos dando.

Somos limitados fisicamente, mas é um novo ânimo, esperança e se perdermos isso, o nosso mundo acaba.

Tenha fé e esperança e alcance a vitória.

Deus não nos chamou para o fracasso, para a derrota.

Jesus morreu por nós, lembre-se disso, que é o maior milagre e livramento que Ele poderia fazer por nós!

Fica na paz,

Ap. Rina

Rinaldo Luiz de Seixas Pereira , o Apóstolo Rina, é pastor fundador da Igreja Bola de Neve. Tem formação em marketing, teologia e pós-graduação em administração.

veja também