Constrangido e Desafiado

Constrangido e Desafiado

Atualizado: Quinta-feira, 28 Abril de 2011 as 10:09

Todo mundo já ouviu, ou mesmo falou aquela velha expressão: "Tal Pai, tal Filho. E se isso é algo que funciona nas nossas vidas, desde a genética com seus fenótipos se repetindo nas famílias, ou mesmo nos nossos padrões comportamentais, em nossas ações e, principalmente, nas reações que nos assustam a nós mesmos quando de repente agimos como diria o poeta de bigode: "como nossos pais"...

Não é de assustar então, se isto estivesse impresso também na nossa espiritualidade, e está.

Há um certo diálogo entre Filipe e Jesus que revela isso. Acho que Filipe ainda não tinha entendido direito quando pediu a Cristo para ver o Pai. Ele via tanto Jesus falar sobre o Pai, do Pai e no Pai que ele ficou curioso. E, a despeito da sua natureza de administrador Filipe, queria conhecer de onde partiam as ordens.

A resposta de Cristo foi simples clara e direta: "QUEM VÊ O FILHO VÊ O PAI"

Há uma ética nessa frase de Cristo, um posicionamento que Ele discorre no resto da conversa mas, o que queria falar mesmo é sobre essa frase que é ao mesmo tempo super legal e aterrorizadora, Cristo diz isso no verso 12 do evangelho de João cap.14:

Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai;

É isso mesmo, agora é a nossa vez, Ele passou a bola para mim e para você. Fico na mesma medida costrangido e desafiado e queria passar isso adiante. Que as pessoas possam enxergar Deus através de nós.

veja também