Coração de iceberg

Coração de iceberg

Atualizado: Sexta-feira, 7 Outubro de 2011 as 1:13

Você sabia que a maior parte dos icebergs, aquelas enormes geleiras que se formam no mar, ficam abaixo do nível da água? Quando você o vê, não tem noção de como eles podem ser maiores, visto que nossos olhos podem ver apenas aquilo que está superficialmente a sua frente.

Toda vez que ouço essa afirmação, me lembro da parábola contada por Jesus, que relata a oração de um fariseu e um publicano. Você pode acompanhar na íntegra em: Lucas 18:9-14.

As aparências enganam, já diz o velho ditado. Mas qual o impacto disso na vida de um jovem que apenas aparenta ter seu coração quebrantado, mas por dentro continua com sua vida libertinosa, vazia e longe da vontade divina?

Jesus critica o fariseu, pois este se preocupa apenas em exaltar, com orgulho, o fato de ser “diferente” das outras pessoas, e seguir a lei que Deus lhe enviou fielmente. Seria até uma oração interessante, se sua intenção fosse exaltar a presença de Deus que o transformara.

O coração daquele homem levava muito mais do que aparentava. A parte do seu iceberg que ficava escondida abaixo da água, não representava bem o papel que ele insistia em interpretar.

Quando eu insisto em fazer a obra do Senhor, seja tocando um instrumento, ou liderando, apoiando um ministério específico, mostrando a todos o quanto eu sou "útil" na casa de Deus, mas permaneço com um coração sujo e uma personalidade pior ainda quando estou fora dos átrios, estou me tornando um fariseu prepotente.

O que eu quero dizer é simples. Eu não conheço seu coração, seu pastor também não o conhece, mas Jesus Cristo te enxerga de uma maneira diferente de nós. Nada escapa ao Seu olhar. Ele não te conhece superficialmente, ele não vê apenas o seu “topo”, a sua parte mais bela. Seu coração,  sua mente, desejos, pensamentos, medos e intrigas, tudo isso não passa desapercebido.

Temos que vigiar, pois ser parecido com Jesus não significa apenas andar como Ele andou, se portar como ele se portou, mas também ter as mãos limpas e o coração puro. Somente esses é que subirão e permanecerão no Santuário do Senhor, e desfrutarão de Sua maravilhosa presença.

Por Ricardo Rodrigues

veja também