Ei, psiu, pra onde você tem olhado?

Ei, psiu, pra onde você tem olhado?

Atualizado: Terça-feira, 5 Abril de 2011 as 10:07

No post de hoje, quero falar sobre a importância de olharmos de forma criteriosa, quem nós temos escolhido para criarmos relacionamentos.

Ao conhecer uma pessoa, pra onde você tem olhado ? Não entendeu a pergunta ? Quero saber se você olha para as roupas que ela veste, pro cabelo, pra maquiagem ou então se você se preocupa com o caráter dessa pessoa, com os seus conceitos e suas atitudes.

Olhar para o exterior, tem feito com que muita gente se envolva com péssimas companhias, o que resulta em amizades e namoros fracassados. Pessoas que não irão te ajudar a construir nada, somente te afastarão da presença de Deus e do convívio das pessoas que te amam.

Não importa se ele ou ela tem um estilo maneiro, descolado, que chama a atenção e todos gostam, afinal o que deve contar para você ?

Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. 2 Coríntios 4:16

Ao olhar para os frutos, para as atitudes, para as prioridades dela, você logo irá perceber se essa é a pessoa certa para manter um relacionamento, ela poderá acrescentar na sua vida, te ajudar e crescer junto contigo. Relacionamentos bons são aqueles que te levam para mais perto da presença de Deus. Peça a Ele discernimento, para que você saiba escolher suas amizades.

Fique atento, pois o pecado não é feio e nem ruim, mas a sua consequência sim irá te fazer muito mal. Abra os olhos, veja bem quem são seus amigos, eles tentam trazer a tona o melhor de você, se preocupam em dizer a verdade, mesmo que você esteja errado, eles tentam trazer a amizade de vocês para mais próximo de Deus ? Como está a sua vida espiritual após se relacionar com ele(a) ? Analise isso tudo, e veja se vale a pena continuar.

Não olhe para a capa, e sim para o conteúdo. Pois muitas vezes pode até parecer que essa pessoa tem sido benção na sua vida, mas na verdade você pode estar enganado.

Fiquem com Deus !

Por: Mariana Rodrigues

veja também