Esse é você?

Esse é você?

Atualizado: Quinta-feira, 16 Fevereiro de 2012 as 8:41

Todos os olhos estão em você. É essa a cena. Fatídica, exausta, manjada ou inédita, esse é o show. O mundo espera uma ação sua, uma resposta, uma direção. Uma palavra que seja, um gesto, um retorno, um depoimento, alguma expressão, uma conclusão. Olhe ao redor.
De certa forma estão todos aí: amigos, inimigos, família, sonhos, esperas, os fracassos, os pecados, os orgulhos, as vergonhas. Esse é você? Exposto, entregue, sozinho, com medo, ferido? 

Esse é você em seu melhor papel? Alguém que amou e não foi correspondido? Alguém que acreditou e não foi compreendido? Alguém que clamou e não ouviu resposta? Esse é você? Querendo acreditar que está fazendo a coisa certa mas sendo pego de surpresa pelas dores, pelo amargo na boca, pelo susto e pela surra? Esse é você? Vivendo o que não merece, perdendo a noção de onde está Deus, e por que não dizer: sentindo que Deus se mandou de vez e que agora é só você e as afrontas? Você é isso? Abandonado por Deus? Essa pessoa é você?

As pessoas te amaram pelas coisas que você disse, pelas coisas que você fez, mas agora tudo volta como um grande vômito na sua cara, nos seus ouvidos? Então você fez de tudo e agora a grande audiência da sua vida está pedindo pra você fazer um pouco mais, como se a sua entrega já não fosse o bastante e não falasse tudo sobre você. Esse é você? Olhos se fechando, dor gritando mais alto que tudo, cansaço e solidão? Esse é você?

Esse não é você. Esse é Jesus. Na cruz.

Porque ele sabia que hoje você leria esse texto e de alguma forma iria se identificar com uma frase ou outra, uma dor ou outra, uma decepção. Esse quadro horrível, porém real, é ele. Porque ele sabia que seus inimigos de hoje não seriam diabinhos vermelhos com chifrinhos e tridente. Ele sabia que a briga seria mais séria, e que cedo ou tarde você teria que ter em mãos um Deus que foi mais longe do que um ídolo perfeitamente limpo e bem trabalhado.

Jesus Cristo é o Deus que se fez homem pra confundir as leis absolutas e ao mesmo tempo consolar o coração de todos que buscam um Deus, mas que não têm mais palavras pra tentar explicar uma dor, uma solidão, um esgotamento.. Porque as dores são humanas! O stress e o suar frio é uma coisa humana! Precisava existir um Deus que entendesse muito bem disso! Então ele é a parte da sua oração, onde você pode estar sem palavras ou sem caminhos, e ele vira pra você e diz: “eu sei como é, porque eu também já passei por isso”.

Jesus Cristo é o único Deus que vai entender a sua dor. Ele foi primeiro e o único Deus que sujou as mãos, Ele fez o trabalho sujo por você, Ele deu o grande pulo na piscina gelada justamente porque nenhuma outra entidade ou deus poderia dar braçadas por você. Esse é o tanto de informação que Ele contém: se ele não fosse, a sua vida terminaria no primeiro bloco desse post. Ele fez a travessia. Estou falando de alguém nadando contra a correnteza, alguém numa água fria, alguém num poço fundo, alguém com pulmões numa guerra, numa prece, numa música, num choro. Jesus sofreu como homem, e fez das coisas de um homem, um caminho de salvação.

(Adaptação do texto de Luciana Elaiuy)

Deus abençoe vocês!

Por Camila Zaponi

veja também