A expectativa da espera

A expectativa da espera

Atualizado: Quinta-feira, 24 Maio de 2012 as 11:45

Dias atrás, estivemos conversando sobre o tempo que esperamos, e também sobre as expectativas que temos com relação a tudo o que diz respeito ao casamento e a vida a dois.

É claro que cada um de nós vive conflitos. É normal. É até mais do que normal, é real.

Mas será mesmo que vai ser bom? Quem disse que vai “dar liga”? Mas e se eu não gostar tanto assim? Mas e se ele (a) não me entender, não entender meu tempo? Mas e se... Mas isso ou aquilo...

Não há como ter um relacionamento com Deus se não tivermos fé Nele. E a fé é certeza. Onde há dúvidas não há fé. É simples assim. A fé não é um sentimento, mas é uma atitude. Com a renovação da nossa mente (pela Palavra de Deus), cada vez mais duvidaremos menos de tudo o que envolve o Senhor e Seu Poder Infinito.

A espera pode ser longa, mas quando há fé, somos renovados a cada manhã, pelo Senhor.

Se você escolher fazer a vontade de Deus, e buscar primeiramente agradá-Lo, Ele vai te surpreender. Não te dará o "mais ou menos", e sim o perfeito que vem Dele.

Vamos analisar uma situação simples, mas que poderá expressar um pouco do que queremos transmitir:
Imagine-se com um filho de 12 anos. A condição financeira da família é boa. Você é o paizão dele, e ele confia muito em você. E essa confiança é recíproca no relacionamento entre vocês. Ele é obediente e raras são as vezes em que você precisa ser enérgico. Ele te ouve e tem prazer em fazer aquilo que lhe é pedido ou ordenado.Então, com 13 anos, ele pede a você uma viagem para o exterior como presente pelo aniversário de 15 anos. O que você faria? O surpreenderia com uma viagem inesquecível, não é mesmo? É claro, ele é um filhão!

O mecanismo é o mesmo só que com um update do céu. 

A verdade é que nosso Pai é sensacional! Ele é Ele!

Não há como nossas expectativas não serem superadas. 

Confie! Confie no seu Pai. Seja obediente e perseverante. 

Ele sabe que você é bom filho e vai te dar o melhor. 

Confiança em Deus - Mateus 12 – 22 a 31  

Então Jesus disse aos seus discípulos: – É por isso que eu digo a vocês: não se preocupem com a comida que precisam para viver nem com a roupa que precisam para se vestir. Pois a vida é mais importante do que a comida, e o corpo é mais importante do que as roupas. Vejam os corvos: não semeiam, não colhem, não têm despensas nem depósitos, mas Deus dá de comer a eles. Será que vocês não valem muito mais do que os pássaros? Qual de vocês pode encompridar a sua vida, por mais que se preocupe com isso? Portanto, se vocês não podem conseguir uma coisa assim tão pequena, por que se preocupam com as outras? Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham, nem fazem roupas para si mesmas. Mas eu afirmo a vocês que nem mesmo Salomão, sendo tão rico, usava roupas tão bonitas como uma dessas flores. É Deus quem veste a erva do campo, que hoje está aqui e amanhã desaparece, queimada no forno. Então é claro que ele vestirá também vocês, que têm uma fé tão pequena! Portanto, não fiquem aflitos, procurando sempre o  que comer ou o que beber. Pois os pagãos deste mundo é que estão sempre procurando todas essas coisas. O Pai de vocês sabe que vocês precisam de tudo isso. Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus, e Deus lhes dará todas essas coisas.

 

por Bruna e Ranhúsia

veja também