Fazer valer a pena

Fazer valer a pena

Atualizado: Segunda-feira, 6 Fevereiro de 2012 as 8:48

Nesses últimos dias, ouvi muitas pessoas dizerem “feliz ano novo”; ouvi de muitos amigos, vizinhos e familiares. É engraçado perceber que é sempre nessa época do ano que as pessoas desejam um “feliz ano” para as outras pessoas. Porque não dizer sempre? Porque não dizer no dia 23 de maio (uma data que não tem nada de especial)? rsss....

Pensemos: Detalhes são coisas que passam despercebidos aos nossos olhos quando olhamos rápido para as situações. Desejar um Feliz Ano para a pessoa é o mesmo que desejar que tudo de bom venha a acontecer com ela nesse ano que se inicia. Desejar um Feliz Ano é o mesmo que demonstrar o quanto essa pessoa é importante para você. Ou seja, se ‘meu próximo’ tiver um Feliz Ano (de conquistas, de vitórias), o meu ano também será maravilhoso.

Mas aí vem um detalhe que, normalmente, não analisamos: Quando que o meu Ano será um ano Feliz?

Para responder a essa pergunta, quero contar um pouco sobre dois amigos em particular, que eu não poderia deixar de citar nesse primeiro Post do Ano. São duas pessoas que amadureceram de uma maneira exponencial nesse ano de 2011. Quero fazer hoje essa exposição, pois com esse Post quero mostrar a todos nós, que “o que Deus faz Hoje, agente só vai entender amanhã”.

A primeira história a contar é de um amigo-irmão que se chama Sávio (ou, para os mais íntimos, Savinho). Gente, o Savinho é um cara ‘sem explicação’; não tenho adjetivos suficientes para elogiar sua humildade e capacidade de se comunicar com as pessoas. Não existe uma pessoa que não goste dele. Todos os que estão à sua volta sentem-se bem e felizes, pois suas palavras nos fazem pensar e chorar de rir ao mesmo tempo.

Savinho é um cara que tem dado frutos nos seus ministérios dentro da igreja. Seu maior destaque, é no ministério de Teatro (já era de se imaginar, não é mesmo? rsss....). Junto com rapazes de outras igrejas, ele faz parte do Ministério de Teatro Hora Nona, que tem por finalidade levar a mensagem de Salvação de Cristo, através da Arte do Teatro. Beleza... mas onde eu quero chegar com essa história?

Simples... a vida do Savinho, assim como a sua e a minha, também é muito agitada. São estudos, igreja, família, dentre outras coisas, que nos fazem viver a vida correndo a 300 km/h todos os dias. O fator principal de tudo isso é que apesar de todos os problemas, de todas as dores e perdas desse ano que se passou, ele se levanta dia após dia e adora ao Senhor. Mesmo ferido, machucado, desanimado, ele se levanta e busca sempre o “lugar seguro”, o “lugar de descanso”, que é o centro da vontade de Deus. Assim como Jó que se levantou e adorou ao Senhor por Tudo, o Savinho equiparou-se a sua história à história de Jó.


“Fazer valer à pena” é viver todos os dias lembrando que Deus é quem controla a nossa vida e que todas as ações dele são para o nosso favor. Às vezes passamos gastamos muito tempo da nossa vida reclamando das coisas ‘que para trás ficam’, e esquecemos que Tudo acontece da maneira que Deus tem planejado de modo personalizado para cada um de nós.


O foco é que: o ano é Novo, mas e as suas atitudes? E a sua visão? São novas?

Não espere ser promovido!Comece a ser um líder da sua vida desde já... de onde você está!

SEJA A MUDANÇA!!!! FAÇA VALER À PENA!!!•A influência deve ser conquistada•

A outra história que não poderia deixar de contar, é da minha amiga Laís. Gente, a Laís é uma menina maravilhosa que tenho no meu ‘roll’ de amigos. Ela é bonita, inteligente, simpática, humilde e, acima de tudo, uma serva temente a Deus.

Muitos de vocês poderiam olhar para a Laís e ver que em sua vida, ela sempre teve tudo o que sempre quis. Tem uma família maravilhosa de Servos do Senhor, além de uma estrutura financeira estável, para não dizer maravilhosaaaaaaa.. auhsuhauhhuaa... brincadeirinha!

Mas uma coisa que me chamou atenção foi que nesse ano que se passou, a Laís se demonstrou uma das pessoas mais humildes que o mundo já viu. Não que ela nunca tenha sido, mas nesse ano de 2011, a humildade e o comprometimento com a obra de Deus foram sem medidas. E, como conseqüência de tudo isso, Deus tem feito prosperar a sua vida integralmente.

Foi como eu disse no início, “o que Deus faz hoje, agente entende amanhã”. A nossa vida é assim. Como cristãos tementes a Deus, devemos deixar nossos medos e frustrações de lado, e pensar sempre que o futuro pertence a Ele.

Contei a história dessas duas pessoas maravilhosas, para servirem de um gás a mais para nossa vida esse ano. Devemos nos lembrar sempre que Deus está ao nosso favor. Devemos lembrar que quando nos comprometemos com os planos de Deus, Ele passa a se comprometer com os nossos planos.

Já passou da hora de nós, cristãos da nova geração, pararmos de pensar em nós mesmos e sermos humildes e nos preocuparmos com aqueles que ainda não conhecem a Deus. Já passou da hora de fazermos a nossa vida “valer a pena”. E sabe que “valer a pena” é esse? É ser instrumento para povoar o Reino dos céus. O céu não é exclusivo, é INCLUSIVO. E você e eu somos canais de inclusão dos perdidos.

O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética...


O que me preocupa é o silêncio dos bons.

Até quando vamos nos calar e continuar no comodismo, vivendo a vida como se nossas ações não fossem capazes de mudar a vida de outras pessoas?
Devemos ser, assim como os citados, a “mudança que o mundo precisa”.

Nosso ano será um “Feliz Ano” quando passarmos a nos preocupar mais com os outros do que com nós mesmos. Quando passarmos a deixar a nossa vida de lado, e pensar na vida de Deus.

Ano Novo, Vida Nova, Novas Metas e Novos Compromissos. Inclua Deus nessa frase! Que através de nós, Deus venha se manifestar e que esses “detalhes” que fazem a nossa vida girar, sejam algo que toque o coração de muitos.

Que esse ano seja um FELIZ ANO para todos nós...

 

Por Wosney Souza

veja também