Identidade

Identidade

Atualizado: Quarta-feira, 25 Maio de 2011 as 10:57

Como posso negar quem sou, se preciso ser eu mesma para entender e aceitar os outros? Como posso negar a tristeza pelas desventuras que enfrento, se é tão humano sentir tristeza e eu não sou mais que humana? Cristo, em momento algum, disse que devo me anular. Ele disse: "Se alguém quiser me seguir, negue-se a si mesmo", e não: "Esqueça que é humano" ou "Ignore o que o torna diferente dos seus semelhantes". Ele também disse: "Busquem em primeiro lugar o reino de Deus", e não: "Desistam de seus sonhos, pois pessoas espirituais não devem se importar com coisas terrenas".

Negar a mim mesma não é negar quem sou, mas quem não devo ser! Negar-me é lutar contra as tendências egoístas que deformam a verdadeira imagem de Deus em mim. Buscar o reino de Deus antes de tudo não é negar minha humanidade, mas é viver o melhor dela para a glória do Deus que me fez humana. Isso inclui angustiar-me pelo bem que ainda não realizei e que ainda não se realizou em mim.

Eudoxiana Canto Melo é formada em letras, revisora do Departamento de Cultura Cristã da IAP - Igreja Adventista da Promessa - e autora de estudos das Lições Bíblicas da IAP. Também colabora com artigos para o site da FUMAP (Federação das Uniões da Mocidade Adventista da Promessa).

veja também