Imitar a Deus?

Imitar a Deus?

Atualizado: Segunda-feira, 8 Agosto de 2011 as 9:44

Ef 5:1-2 Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Um título em forma de pergunta pra fazer você refletir! Mas imitar a Deus em que pelo amor do Senhor mesmo pai?

Mesmo tão pequenos e fracos, tão limitados diante da grandeza de Deus, a gente pode imitá-lo em três coisas: No Amor, na Entrega e no Sacrifício. A bem da verdade existe uma recíproca no evangelho. Pois é, Cristo se entregou por nós como sacrifício de amor para a nos remir e nos salvar. Quem já entendeu isso em sua vida, e aceitou esse sacrifício já “passou da morte para a vida”. Mas... e depois? Como a minha vida é impactada por esse sacrifício? Qual a diferença daí por diante?

É que quando aceitamos a paternidade de Deus através de Cristo, o mínimo que a gente pode fazer é imitá-lo. Se eu sei que Ele se entregou por mim, então me entrego a Ele, se sei que Ele se sacrificou por mim então me sacrifico a Deus (vivo, santo e agradável), se eu tenho certeza que Ele me amou com o maior dos amores eu preciso amá-lo cada dia mais. Como diria um brother será sempre uma “troca injusta”, a vida santa de Cristo pela minha podre. Mas se é o que tenho para dar então é Dele para que Ele faça o que quiser. Fazendo assim, sei que seremos a cada dia menos parecidos com Adão e mais parecidos com Cristo.

veja também