Incondicionalmente

Incondicionalmente

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 11:10

Estava pensando sobre o amor de Deus. Não consegui pensar em nada que pudesse explicá-lo. É um amor perfeito, e nós não conseguimos entender a perfeição, pois não a conhecemos, ela está além do nosso alcance. O único problema foi que fiquei muito tempo pensando no amor de Deus, e para só depois me lembrar de que o amor não é de Deus, o amor é Deus. Seu amor é perfeito, pois Ele é perfeito.

Esse amor, além de perfeito, carrega uma característica maravilhosa, esse amor é incondicional. Ou seja, é um amor independente, não espera algo em troca, sobrevive sem ser amado. Deus nos ama, e mesmo quando não O amamos, Ele continua a nos amar.

Esse amor incondicional também pode nos levar a pensar na graça de Deus. Essa graça que só pede uma aceitação, e esse amor infinito, que nos acolhe mesmo sendo imperfeitos, pecadores, mesmo errando ou voltando a alguns antigos erros. Essa graça que se renova a cada momento em nossas vidas, que oferece salvação sem pedir nada mais do que um sim. É um presente que só precisa ser pego, aceito.

Apesar de precisarmos dizer sim à graça, ela está disponível para nós, assim como esse amor incondicional, que fica disposto 24 horas por dia.

Deus nos ama e nos oferece salvação, uma vida ao seu lado, uma vida eterna, uma vida cheia de amor, e nós só precisamos dizer sim!

Mariana Longo Mendes tem 17 anos, é estudante, trabalha com seus pais na área de Propaganda e Marketing e também escreve poesias.

veja também