Jogando no time de Kaká

Jogando no time de Kaká

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 10:54

Certa vez, eu li uma matéria pela internet que muito me impactou, deixando-me bastante motivado e feliz em ver que, com Deus, nós fazemos e somos a diferença.

Resolvi apelar para o "velho” CTRL+C e CTRL+V a fim de que você lesse também:

O brasileiro Kaká, confessou à renomada revista "Vanity Fair" que se manteve virgem até o casamento:

"Minha mulher e eu escolhemos chegar virgens ao casamento. A Bíblia ensina que o verdadeiro amor se alcança apenas com o casamento, com a troca de sangue, o que a mulher perde com a virgindade. Para nós, a primeira noite foi belíssima", comentou o jogador.

"Claro que pesou, pois sou um jovem normal. Não foi fácil chegar ao casamento sem nunca ter estado com uma mulher. Mas, se hoje nossa vida é tão bela, acho que é porque soubemos esperar", continuou ele.

Kaká, um religioso convicto, confessa que tentou evitar as tentações:

- "Desde que fui para a Itália nunca fui a uma boate, salvo às festas do Milan, mas sempre com minha mulher. Entre nós, quando ela ainda estava no Brasil, havia um pacto: podíamos sair com os amigos, mas à meia-noite voltávamos para casa e nos ligávamos. Caroline e eu fizemos muitos sacrifícios"

Pense nisto: as câmeras que viam Kaká, não filmavam o coração dele. Muitos estão lhe vendo, mas só Deus sonda o seu coração. Faça parte do time de um dos melhores jogadores de futebol do mundo: a seleção dos jovens que crucificam a carne e se consagram a Deus, por amor.

Os salários de Kaká são altos no futebol, mas os valores eternos dele, como este mostrado na reportagem, são bem mais valiosos. Gerarão recompensas eternas!

O mundo está acostumado com a imoralidade. Esquecidos de Deus, muitos jovens usam seus corpos de qualquer jeito e acabam frustrados. Mas nós estamos aqui para fazer a diferença, provando que há uma vida de muito mais prazer com Deus. Há prazeres eternos!

Deus sabe o que é melhor para nossa vida. Eu creio em como deve ser precioso você casar com alguém para quem você se guardou e que se guardou para você.

Jesus está voltando. Sejamos jovens diferentes, fazendo a diferença como nosso irmão kaká.

Você pode imaginar o quanto não deve ter sido tão fácil para ele? Acho isto devido a fama, dinheiro, influências dos companheiros de equipe nas concentrações, mulheres gritando o nome dele em muitos lugares, etc. Kaká foi fiel ao propósito que havia estabelecido para o seu relacionamento, agradando a Deus. Você também pode!

Não nos conformemos com este mundo. Vamos nos preservar. Valerá á pena! Jogue no time de Kaká, vista a camisa dos mais do que vencedores.  

Por Perilo Borba

veja também