Álcool ou Espírito?

Álcool ou Espírito?

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 10:53

Ontem assisti A Liga da TV Bandeirantes, achei bem interessante o tema escolhido: Jovens e Álcool, não agüentei assistir muito, cenas que me encheram de compaixão, mas também de muito nojo, porém, agradeço ao excelente trabalho da produção do programa porque compreendi muito mais o que o Apóstolo Paulo quis dizer com a comparação no versículo a seguir:

"Não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução (o qual leva a libertinagem - NVI), mas ENCHEI-VOS do Espírito" (Efésios 5.18)

É incrível o poder do Álcool no corpo das pessoas, principalmente nos jovens e adolescentes. Infelizmente, essa combinação (Álcool+Jovens) é vista em todo o Brasil, os números mostrados pelo programa são alarmantes, vejamos alguns:

- Jovens entre 14 e 17 anos consomem 6% de todo Álcool no país (Muitos vendedores negligenciam a Lei e vendem bebidas à menores)

- 80% dos alcoólatras deram o primeiro gole antes dos 18 anos.

- 80% dos adolescentes brasileiros já beberam uma vez.

- 75% dos acidentes são causados por motoristas bêbados.

E por aí vai...

Entretanto, além da compaixão por aqueles jovens embriagados e insanos, e o nojo pelo que faziam, outro sentimento começou a brotar em mim: Alegria pela vida que encontrei em Jesus. Não há lugar melhor para está do que na liberdade!

Aqueles jovens pensam que são livres, mas são escravos, presos ao pecado, ao vício, alguns disseram: "Sem álcool, não há diversão". É bem verdade que outros discordaram e "aproveitam" as festas sem beber, mas um deles falou que certa vez ouviu de um amigo: "Você não bebe, você é crente?".

Graças a Deus que os crentes não bebem. Não porque são proibidos, mas simplesmente porque encontraram algo melhor. Eu fiquei aliviado refletindo que nunca tive um coma alcoólico, nem fui parar em um pronto socorro, vomitando a noite toda, nem precisei ficar bebendo água a cada 5 minutos no dia seguinte, tampouco sofri algum acidente de carro por falta de reflexo e, principalmente, jamais corri o risco de engravidar uma desconhecida ou ser contaminado por uma DST. Que vida maravilhosa a minha!

Ah, esqueci de dizer que nunca precisei colocar um amigo debaixo de um chuveiro, ou carregá-lo nos braços. As amizades, aliás, as más amizades, inclusive foi comprovado também pelo programa, são grandes influências que levam os jovens ao vício.

Em João 4, Jesus fala de duas águas. A dEle preenche de uma vez, a do mundo os jovens tornam a ter sede, ou seja, ficam dependentes, viciados, presos aquela vontade porque são insatisfeitos e vazios.

Sem falar que não honram os pais, muitos dos quais só dormem quando eles chegam em casa. Mas, alguns pais também são culpados, vários jovens disseram que começaram a beber com os pais, e outros não ouvem seus pais porque estes também bebem, educam com: "Façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço!". Nunca funciona! Os pais devem ser exemplos e, assim,  serão autoridades absolutas!

Voltando ao apóstolo Paulo, ontem entendi que, se a carta aos Éfesios fosse escrita hoje, o versículo seria: "Não vos embriagueis com álcool...". Porém, eu quero refletir na segunda parte, porque o programa ontem só me ajudou a comprovar o que a Bíblia já dizia: O Espírito é melhor do que o álcool.

Se aprendermos a, como jovens, sermos cheios do Espírito diariamente, louvando a Deus, com ações de graças, andando de maneira sábia, remindo o tempo, praticando a Palavra, dando os frutos da luz e orando em outras línguas, o Espírito nos dominará exatamete como o álcool faz. A diferença é que: Jovens + Álcool = Morte; Jovens + Espírito = Vida eterna.

Em vez de sermos vistos como irresponsáveis, nós jovens seremos referenciais, foi o que Paulo ensinou a Timóteo (I Timóteo 4.12).

No programa, alguns jovens bebiam para ter coragem de fazer o que não faziam sãos, como ficar com as meninas. Na vida real, cheios do Espírito, nós, jovens cristãos, vamos também ter essa "injeção de coragem" para fazer aquilo que naturalmente não conseguimos: Sucesso em todas as áreas da nossa vida, inclusive um casamento maravilhoso, com uma única pessoa que se satisfaz conosco em Deus.

Há quem não saiba o porquê de alguns cristãos invejarem jovens ímpios. Pensam que eles é que são alegres. Mas, eu sei qual é a causa! Estes invejosos não estão se enchendo do Espírito. Não fique no meio termo, se defina, esqueça o Álcool e beba do Espírito.

No Salmos 73, vemos o salmista dizendo que quase se desviava porque tinha inveja dos pecadores, pensava que eles é quem sabiam aproveitar a vida. Mas, no verso 17, ele entrou no santuário de Deus, seus pensamentos mudaram, ele caiu na real porque lá viu o final que os ímpios teriam: julgamento de morte.

Jovem, hoje você é o santuário de Deus, desfrute da presença do Espírito e, então, você se alegrará por tão grande salvação e desfrutará dos benefícios dela, podendo dizer: "A quem tenho eu no céu além de Ti, e NÃO HÁ NA TERRA QUEM EU QUEIRA MAIS DO QUE A TI". E dirá também:

"Sou COMO homem embriagado e vencido pelo vinho (álcool) por causa do Senhor e das suas santas Palavras" (Jeremias 23.9)

Por Perilo Borba - professor do Rhema Brasil, jovem universitário e autor de livros voltados para jovens e adolescentes

veja também