Louvor, sua arma de guerra

Louvor, sua arma de guerra

Atualizado: Segunda-feira, 24 Outubro de 2011 as 10:40

Hoje vamos falar sobre a importância do louvor na linha de frente das nossas batalhas.

Todos os dias travamos batalhas espirituais; aparentemente, parece que são as pessoas que nos afrontam, parece que nossos inimigos são os seres humanos. No entanto, usando pessoas ou circunstâncias o inimigo nos aflige e tenta nos derrubar.

Muitas vezes, vem aquela tristeza, a angústia, a ansiedade, a solidão, as incertezas quanto ao futuro e as tentações. Justamente nessas horas que pensamos em culpar pessoas, culpar a Deus por que as coisas não estão do jeito que gostaríamos. É aí que entra o louvor a Deus. Quando você louva, algo novo acontece; o louvor do coração move a mão de Deus a seu favor!

Aquele que tem um coração de adorador, dificilmente engrandece o inimigo, ele sabe que o escape e a vitória vêm de Deus. A Bíblia diz que quando Moisés enviou os doze espias para examinar a Terra Prometida, os relatórios foram contraditórios. Todos eles viram a terra rica em leite, mel, uvas e também gigantes. Dez espias deram relatórios negativos por causa dos gigantes. Dois olharam para as uvas, para a beleza da terra e resolveram acreditar que Deus era poderoso pra derrubar os gigante e entregar-lhes a terra.

Vencedores consideram as batalhas travadas e buscam estratégias para vencer. A estratégia do crente é o Louvor a Deus. É muito fácil louvar em tempos de bonança, vitória e alegria, entretanto, louvar na hora da dor, da decepção e da provação é muito difícil. Em determinados momentos da vida não temos nem vontade de louvar e de orar, pois a tristeza é muito grande, a ansiedade já tomou conta do coração e só se tem olhos para o problema.

Justamente nas horas em que estamos ansiosos, abatidos, Deus quer tirar de nós um som único, um som de um coração quebrantado diante dEle, o som de um coração que reconhece que só Ele é a saída. Quantos jovens solteiros passam por momentos em que se sentem sozinhos, momentos em que aparentemente a solução seria ter “alguém” para amar e ser amado e todo aquele drama solitário. Nesses momentos de “drama” (quem nunca passou por esse “drama” atire a 1ª pedra rsss) entre no seu quarto, comece a louvar a Deus, comece a falar pra Ele o quanto você o ama e que você sabe que o melhor está sendo preparado.

Sabe quando as brigas dentro da sua casa só aumentam e você já nem tem mais vontade de estar lá? Começa a louvar lá dentro, se você não puder nem erguer a voz, louva com a sua alma, louva de coração, pois as cadeias vão se quebrar. Quando o ambiente de trabalho é terrível, uma rivalidade intensa e os inimigos parecem e derrubar? Louva, louva com coragem, pois Deus vai confundir os teus inimigos, Ele é fiel.

“Invocarei o nome do Senhor, que é digno de louvor, e ficarei livre dos meus inimigos.” (Salmos 18.3)

Você tem duas escolhas diante de qualquer batalha da vida: Ser encontrado por Deus como um verdadeiro Adorador e vencer ou Perder a batalha por engrandecer o inimigo.

Pode Louvar a Deus agora, pode mandar um Glória para o céu agora, pois você está vivo e ainda que você esteja no deserto, o seu Pai não vai deixar nada te faltar!

Por Michele

veja também