Luz que brilha, luz que indica

Luz que brilha, luz que indica

Atualizado: Segunda-feira, 11 Julho de 2011 as 11:23

Observo indecisões, insegurança nas escolhas e imprecisão no estilo de vida no cotidiano de muitos. Não é preciso ir muito longe pelas ruas para encontrar pessoas com dúvidas acerca do presente, do futuro e a respeito de quem elas são.

Essa "insegurança global" não se deve ao fato de situações corriqueiras que deixam pessoas sem firmeza em suas próprias atitudes. Esse comportamento se deve à "escuridão" espiritual e também mental em que as pessoas no mundo estão inseridas. Aqueles que não estão na luz, estão nas trevas. Trevas significam escuridão, ausência de luz!

"Quem anda nas trevas, não sabe para onde está indo” (João 12.35)

Dar um passo a frente, ou seguir outro caminho em meio à escuridão é algo muito complicado, porque não sabem onde pisam, e nem para onde estão indo. Uma vida em meio as trevas é uma vida a deriva, assim como um barco sem bússola em meio a um grande oceano.

O barco (a vida de um ser humano) não tem capacidade de tomar as direções corretas (decisões), porque uma peça fundamental está faltando, que é a bússola (Espírito Santo). Uma vida sem direções, sem destino certo, sem saber o que passou e o que está por vir à sua frente - essa é uma vida ausente da luz que brilha, uma luz que indica.

Uma vez que Jesus morreu e foi ressurreto, Ele havia de subir para sentar-se à destra de Deus. Porém, nós sabemos, como relata a Bíblia, que Ele não nos deixaria só. O Espírito Santo foi enviado. Ele veio como ajudador, auxiliador e consolador. O Espírito que nos guia a toda verdade. E esse Espírito passa a habitar na vida de todo aquele que crê em Jesus, e o confessa como único e suficiente senhor e salvador.

Essa entrada de uma natureza divina em nós faz com que as trevas sejam dissipadas. Nossos olhos espirituais são abertos, e uma vida nova é subsequente ao novo nascimento. Luz, luz, luz, luz, luz... isso faz toda a diferença.

Juntamente ao novo nascimento, creio que há também um reposicionamento no nosso comportamento frente a momentos de decisões, mesmo que essas sejam simples. Podemos optar, escolher, decidir, guiados por um testemunho interior. Graças a uma luz que brilha podemos viver conforme os planos de Deus, isto porque o que era obscuro e impreciso, agora é visível, perceptível e verdadeiro.

Seja guiado pelo espírito. Confie naquilo que Ele lhe trouxe, uma visibilidade a respeito de coisas espirituais, e consequentemente, também às coisas naturais. Tomar decisões na luz nos ajuda a enxergar as respostas e escolhas de forma precisa e segura.

Saia da ilusão, saia da escuridão! Viva uma vida plena em Cristo, na luz, guiado pelo Espírito, seguindo a Palavra de Deus!

Por: Henrique Maia - Líder dos Jovens da IEVV Campo Grande-MS

veja também