Matando os pecados de estimação

Matando os pecados de estimação

Atualizado: Segunda-feira, 29 Agosto de 2011 as 11:38

Provavelmente você que está lendo, já teve ou tem algum bicho de estimação em sua casa. Pois é, eles são fofinhos, amorosos, enfim... adoráveis. Ter animais de estimação é extremamente saudável, o grande perigo é quando adotamos um pecado, e passamos ele a categoria de estimação.

1. Pessoas e seus pecados de estimação

Tem muita gente que passou a tratar algumas falhas como pecados de estimação. Durante a semana os pratica constantemente, por fim já o pecado tornou-se uma prática rotineira. Já é quase um hábito, como escovar os dentes ou tomar banho.

Para os puros, todas as coisas são puras; mas para os impuros e descrentes, nada é puro. De fato, tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas. Tito 1:15

A prática contínua de um ou de alguns tipos de pecado, leva a pessoa a criar desculpas, explicações "racionais" para a tal prática.

Por exemplo: Traio meu marido pois o mesmo não me dá atenção.

Este é o caminho da adúltera: Ela come e limpa a boca, e diz: ‘Não fiz nada de errado. Provérbios 30:20

Mesmo sabendo que não há explicação nem se quer justificativa para a prática errada, a pessoa tenta calar a voz do Espírito Santo com explicações racionais, que no fundo nem ela mesma acredita quanto mais o Espírito Santo.

Por fim a pessoa acaba creditando que esse pecado não traz malefício algum a ela, que Deus até entende e até aceita essa transgressão, e que não há uma necessidade de mudança de vida.

2. Devemos matar os pecados de estimação senão eles nos matarão

Que o pecado enfraquece nosso espírito, ninguém aqui tem dúvida, mais em algumas situações pode levar até a morte física. Que é fichinha para a morte espiritual, logo quero mostrar alguns trações de morte espiritual, e alguns versículos que mostram a possibilidade de um pecado de estimação nos matar, se os mesmos não forem combatidos.

Traços de enfraquecimento do Espírito Santo em nossas vidas.

1. Não há mais convicção do pecado;

2. Falta de seriedade nas coisas espirituais;

3. A glória de Deus não é mais uma preocupação;

4. Não lê mais a bíblia;

8. Destruição da Santidade;

E vamos aos trechos da bíblia:

Pelo contrário, encorajem-se uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama "hoje", de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado. Hebreus 3:13

Amados, insisto em que, como estrangeiros e peregrinos no mundo, vocês se abstenham dos desejos carnais que guerreiam contra a alma. 1 Pedro 2:11

Quem permanece na justiça viverá, mas quem sai em busca do mal corre para a morte. Provérbios 11:19

Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6:23

3. Faça GUERRA ! Declare morte aos pecados de estimação !

Devemos diariamente crucificar a carne, é obvio que irá dar vontade de você voltar a prática do pecado de estimação. É nessa hora que matar sua carne entra em ação.

Porém para ter força suficiente, para ser mais forte e resistir ao pecado, você deve ter algumas práticas que deixaram seu espírito mais forte. Essas práticas são como uma academia, quanto mais for praticada mais força vai gerar ao seu Espírito.

Ler a bíblia Orar pedindo forças ao Senhor Jejum para mortificar sua carne e fortalecer seu espírito Procurar preencher seu dia com as "coisas" do Céu Estar sempre vigilante e enfrente-los na força do Senhor Confessar sempre seus pecados e se necessário buscar ajuda (Tg 5.16) Assim como Lampião o Rei do cangaço disse: Vou matar até morrer, devemos matar o pecado até morrermos.

Por isso corra como José do Egito, rejeite o mal conselho como Jó (Jô 2.9-20), cite mais a palavra como Jesus (MT. 4), rejeite a recompensa como Eliseu (2 Rs. 5.16) e fuja das paixões malignas da juventude (2Tm. 2.22)

Conclusão confesse seus pecados de estimação agora mesmo ao Senhor, peça perdão, e mude suas práticas de vida agora mesmo. E jamais volte a ter essas práticas novamente.

veja também