Meu ministério é...

Meu ministério é...

Atualizado: Sexta-feira, 5 Agosto de 2011 as 12

Ser um ministro do Senhor vai muito além da compreensão do coração humano. Ser ministro é muito mais do que cantar bem, ter uma boa oratória, ter mestrado, doutorado, ou ainda, cumprir certo ‘ritual’ domingueiro em nossas igrejas. Ser ministro é um ato de compromisso com o Pai. É um ato de amor. É o ato de você renunciar a si mesmo em muitas coisas, para que Deus possa usá-lo da maneira que Ele quiser.

Uma parte divina que Deus concede a todo ministro, é o dom que ele mesmo nos concede. Dom do louvor, dom da palavra, dom do evangelismo, enfim, infinitos dons, os quais são distribuídos segundo as nossas habilidades.

Estava me lembrando hoje, de uma situação que aconteceu em uma das reuniões de célula que eu participo: "A Líder estava falando sobre a responsabilidade que é exercer um ministério dentro da nossa igreja. E, ainda, ressaltou, a necessidade de nós como Filhos, nos colocar à disposição de Deus para exercer um ministério, seja ele qual for. Uma menina levantou-se nessa hora e disse que não sabia qual era o seu ministério". Essa colocação dela, de não saber qual era o seu ministério me fez refletir naquela hora.

Muitas vezes não somos direcionados a um ministério, talvez porque nós não nos colocamos a disposição dele. Você pode se perguntar, mas como assim? Deus não joga pra cima de uma pessoa um dom, um ministério, sem que a pessoa esteja disposta a usá-la para a obra dele e, às vezes, o que falta é você dizer com todas as letras "Deus, usa-me". É isso que Deus quer ouvir! Talvez você possa dizer que não tem nenhum ministério, mas você já se colocou a disposição de Deus para exercer um?

Mas uma coisa tem que ressaltar: Não pense que exercer um ministério dentro da igreja é fácil, porque não é! O diabo passa a nos odiar cada vez mais quando nos colocamos a disposição de Deus para o serviço. Ele usa todas as armas ao seu alcance para nos derrubar e, infelizmente, uma das maiores armas dele para essa ação é a SOBERBA. Ele "usa" ministros cheios de si mesmo para derrubar uma grande massa dentro de nossas igrejas. Por isso há a necessidade de renunciarmos a nós mesmo para vivermos a vida que Deus tem preparado para cada um de nós.

Existem muitos ministros da palavra, ministros de louvor, que se sentem auto-suficientes em seus cargos e se esquecem que Deus se alegra dos humildes e não dos soberbos. A palavra diz: "Deus resiste aos soberbos, porém dá graça aos humildes". A "Chave do negócio" é ser HUMILDE em receber e em exercer um ministério.

Amados, como é lindo ver um ministro de Deus exercendo sua função com amor e humildade. É muito lindo! Torna-se algo puro e sincero. Ações de humildade fazem-nos realmente ver a imagem de Deus estampada na pessoa. Eu não sei você, mas eu quero ser essa pessoa! Pessoa disposta a servir e amar a obra que Deus tem colocado em nossas mãos.

Outra coisa que acaba com meu coração, é ver pessoas com dons maravilhosos, mas sem um "pingo" de zelo pelo que Deus lhe deu. São cantores que não exercitam a voz, são instrumentistas que se isolam no seu mundinho e não abrem as portas para o novo de Deus em suas vidas, dentre outros que já se acham completos e totalmente cheios de "talento".

Querido, preste atenção: Seja livre em adoração à Deus. Para de se preocupar com as suas vontades, e se preocupe com o que Deus tem preparado para você. Use 100% do seu dom para Deus e apenas para Ele. Não gaste o seu tempo com coisas que não nos edifica como ministros de Deus. Acorda sujeito! Veja o que Deus tem para você!

Lembre-se: Dia após dia devemos pedir a Deus um direcionamento para nossa vida como ministros, como canais da manifestação da sua presença aqui. Devemos ser humildes para entender que Deus nos ama igualmente e que não somos melhores do que ninguém.

Ser ministro vai além de títulos. É chegado o momento de nós, como igreja, pararmos de nos preocuparmos com os títulos que ganhamos por ser cheios de Deus, mas devemos nos preocupar em colocar os nossos corações, os nossos anseios e conquistas aos pés de Deus.

Deus tem um propósito para cada um de nós. Deus tem o desejo no seu coração de nos usar para o seu trabalho. Mas o que nós temos feito para sermos dignos de sermos chamados "Ministros do Senhor"? Pense nisso, Valeu?!

Que Deus nos Abençoe!

Por: Wosney Souza

Fonte; Jesus de Avaianas

veja também